Empresa afirma ser proprietária de área de 8.400 m² no Parque Villa-Lobos

0
333

Foto: Divulgação

Divulgação
Empresa do ramo imobiliário afirma ser a proprietária de uma área de 8.400 m² dentro do Parque Villa-Lobos, recentemente concedido pelo Governo

A Villa Wolf, empresa que atua no ramo imobiliário, afirma ser a proprietária de uma área de 8.400 m² dentro do Parque Villa-Lobos. A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente informou em nota à TV Globo, que apurou o caso, que o terreno faz parte do parque desde 1989. Já o proprietário afirmou que o edital de concessão da área verde omitiu essa área privada no certame.

Muitos moradores e usuários questionaram o processo de concessão de parques estaduais, incluindo o Parque da Água Branca, Villa-Lobos e Cândido Portinari, criticando o curto prazo para a análise da extensa documentação e as audiências públicas realizadas em horários que não garantiam a ampla participação.

O leilão de concessão foi vencido pelo Consórcio Novos Parques Urbanos, em março deste ano, por um valor de R$ 62,7 milhões, incluindo as três áreas verdes.
Segundo o Governo, a área que a empresa alega ser privada pertence à Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) e foi adquirida pela The São Paulo Tramway Light and Power Company Limited para obras de ampliação de um complexo de geração de energia. Segundo a Villa Wolf, o parque possui duas áreas privadas, uma de 63 mil m³ da Emae, e a de 8.400 m² da empresa, que inclusive possui a certidão do IPTU 2022.

O caso está na Justiça segundo o representante da empresa. Já a previsão para o consórcio assumir efetivamente a administração do parque é em agosto deste ano.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA