União faz a força na Saúde

0
235

Nas últimas semanas, tivemos boas novidades envolvendo os investimentos do poder público na área da Saúde em nossa região. Durante a visita do prefeito Ricardo Nunes à Lapa, no dia 22/2, pudemos acompanhar a inauguração das novas instalações da Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Anglo, em Perdizes. Com uma estrutura física maior e mais adequada e equipamentos modernos, a UBS recebeu investimentos de mais de R$ 200 mil e passou a ter capacidade para realizar 3.200 atendimentos por mês, mil a mais do que antes da reforma.

Outra informação que nos chega, esta em primeira mão, vem do vereador Paulo Frange. O vereador acompanhou, na semana passada, o secretário Municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, em uma visita ao canteiro de obras da nova sede da UBS Vila Ipojuca, na Rua Sepetiba. A mudança da UBS de uma velha casa alugada, pequena e sem acessibilidade adequada, na Rua Catão para um local melhor – e próprio – era uma demanda antiga da população do bairro, que agora acompanha ansiosa o andamento das obras.

Essa conquista, aliás, é um bom exemplo da união de esforços do poder público e da população para a melhoria do atendimento à população em uma área tão prioritária e ainda carente no município como a da Saúde. Faço questão de reforçar isso porque foi graças ao esforço e resiliência do presidente da Associação Amigos da Vila Ipojuca, o sempre aguerrido Leonildo Siragna, que insistiu em requisitar o terreno da Rua Sepetiba, pertencente à Secretaria Municipal de Esportes, para a Saúde, que o projeto da nova UBS foi viabilizado.

O mesmo empenho conjunto do poder público e da população vai possibilitar, ainda, a reabertura do Hospital Sorocabana, equipamento referência para todos os lapeanos, cuja licitação para o projeto de reforma e ampliação está em andamento. O prefeito Ricardo Nunes já confirmou, em maio do ano passado, que existe verba de R$ 200 milhões para as obras, que, conforme pedido da população, vão incluir uma ala de maternidade e a disponibilização total de 265 leitos, além de equipamentos e instalações modernas, incluindo até sistema de energia com placas fotovoltaicas.

Por fim, na Leopoldina, a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Lapa, que substituirá o pronto socorro que existia no local, segue avançada e deverá ser finalizada ainda este ano. Tendo recebido investimentos de mais de R$ 12,5 milhões, a nova UPA terá capacidade para atender cerca de 10 mil pacientes por mês, em casos de urgência e emergência.

É dessa forma, com a união de todos, que teremos um bairro melhor e uma cidade que oferece aos cidadãos serviços mais eficientes, tornando-se um lugar cada vez melhor para se morar.

COMPARTILHE
Artigo anteriorPor um futuro melhor
Próximo artigoGente

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA