Carnaval de antigamente

0
677

Foto:

Décio Ferreira e Luiz Rocha: foliões desde criancinhas

A folia na Lapa remonta o início do século 20. O primeiro carnaval registrado foi em 1916 no Largo da Lapa, onde um carro alegórico, criado pelo Club Carnavalesco Lapeano, desfilava nas ruas do bairro. Um dos fundadores do clube foi o operário da São Paulo Railway, José Ferreira, pai do atual presidente da Sociedade Amigos de Bairro da Lapa de Baixo, Décio Ferreira.
De acordo com Décio, o samba era proibido por ser considerado uma forma de malandragem. “Eu lembro que na década de 40, a Força Pública e a Guarda Civil batiam nas pessoas que se reuniam na rua. Muitos davam rasteira e havia batedores de carteira”, relembra Décio, que começou a participar da roda de samba na esquina das Ruas Doze de Outubro com Dronsfield, em 1942, quando tinha 10 anos de idade.

Footing

Ele lembra, porém que já havia alegorias sobre rodas em 1908. O lapeano de 70 anos também conta que, em meio ao footing (espécie de paquera ao ar livre), se ouvia os sucessos de Orlando Silva, Francisco Alves, Carlos Galhardo, Aracy de Almeida e Dalva de Oliveira.
Um dos grupos carnavalescos mais famosos do bairro foi o Brasil da Lapa, da Vila Ipojuca. Em 1954, quando completou 22 anos, inaugurou o Rancho Carnavalesco XV de Novembro, juntamente com João Altieri e Zé Caninha. Atualmente, Décio participa da Ala da Velha Guarda da Escola de Samba Unidos do Peruche.
Luiz Rocha foi sanfoneiro e harmonicista na Lapa de antigamente. Ele tocou na Sociedade Esportiva e Recreativa da Vila Anastácio, no Clube Madureira, na Sociedade Beneficente União Fraterna, no Camacã e no Bandeirantes da Vila Leopoldina.
O lapeano de 63 anos disse que os bailes eram animados, com muito confete, serpentina e lança perfume. Os foliões também usavam óculos modelo máscara. Era comum lançar um preparo químico, conhecido como sangue do diabo, que, em poucos minutos, coloria de vermelho as roupas brancas dos foliões.
Havia bailes no Cine Teatro Carlos Gomes e na União Lapa, localizados no Centro da Lapa. Veja mais fotos de Carnaval do bairro no site www.jornaldagente.inf.br.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA