Para governar a cidade

0
1299

Foto:

Andrea Matarazzo

Sob o comando de uma gestão que não aponta prioridades e se mostra incapaz de planejar – desde ações de zeladoria à implementação de grandes projetos de infraestrutura urbana, saúde, educação e meio ambiente – São Paulo vive tempos difíceis.

 

Estar à frente desta complexa cidade não combina com o desejo de aprendizes. Já vimos isso no passado com Luiza Erundina, Celso Pitta e Marta Suplicy e agora estamos assistindo com Fernando Haddad.

 

Cadê as UBSs prometidas para a Lapa de Baixo e Vila Ipojuca? Onde estão as creches para o Jaguaré? O que dizer do abandono das Vilas Piauí e Remédios e do Ceagesp?

 

Para governar São Paulo e tirá-la do estado de abandono é fundamental ter conhecimento de suas várias realidades e ampla capacidade de planejamento e gestão. É preciso entender que quem melhor conhece as prioridades dos bairros é o cidadão que mora e trabalha ali, que trará ao poder público ótimas sugestões. Por te vivenciado a cidade em sua plenitude de 1995 a 2009 como Subprefeito da Sé, Secretário de Serviços e das Subprefeituras e por estar vivendo a experiência de legislar por ela como vereador, é que postulo a legenda de meu partido, PSDB, para concorrer a prefeito nas eleições de 2016. Prefeito de uma cidade que tão bem acolheu minha família há mais de um século.

 

Não é por vaidade que estou determinado em alcançar esta meta, mas por estar certo de que São Paulo merece um prefeito que queira ser apenas ser prefeito de uma cidade importante como é a nossa.

 

Por Andrea Matarazzo

Andrea Matarazzo é vereador pelo PSDB

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA