Águia homenageia animais e Dragões canta Asa Branca

0
1346

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Amarildo Mello assina pelo quarto o enredo da Águia

As escolas de samba da região, Águia de Ouro e a Dragões da Real desfilam pelo Grupo Especial do Carnaval de São Paulo na próxima semana. A escola Azul e Branco da Pompeia leva para o sambódromo o enredo “Amor com amor se paga! Uma história animal”, na sexta-feira, 24, primeira noite do Carnaval 2017. “A gente vai mostrar um pouco dessa relação do ser humano com os animais, principalmente com o cachorro, que é minha paixão também. A gente vai dar uma pincelada em maus-tratos, os animais, como aqueles que ficam em cativeiro divertindo as pessoas”, revela o presidente da Águia, Sidnei Carriuolo.

O carnavalesco Amarildo de Mello assina o quarto trabalho na Águia de Ouro que terá a participação de personalidades ligadas a defesa dos animais como a apresentadora e defensora de animais, Luisa Mell. O carro abre-alas, símbolo da escola, terá três mil metros de Led. A escola não terá nenhuma pluma ou material de origem animal. “Vamos falar da causa necessária a preservação e cuidados com os animais. Tudo que se vê com pelúcia são originárias de reciclagem de pets. Foi um desafio porque no Brasil ainda temos poucas fábricas de reciclagem”, conta o carnavalesco.

O cachorro é o protagonista da história da Águia por ficar mais próximo das pessoas. “Temos várias Ongs apoiando o enredo. A escola vai entrar no Anhembi com 3500 componentes, cinco alegorias e dois quadripés. A baiana vem de Cruella do 101 Dalmatas, a bateria de Charlie Chaplin, filme que protagonizou o cachorro e completa 100 anos em 2018”, revela Amarildo que promete grandes emoções com a comissão de frente, a grande surpresa do desfile. O último ensaio antes do desfile na sexta-feira de Carnaval será na quadra da Marginal Tietê (Avenida Presidente Castelo Branco, 7683), neste domingo, a partir das 20h30.

Já a Dragões da Real desfila na noite de sábado, 25. A caçula do Grupo Especial promete transformar o sambódromo do Anhembi em uma festa nordestina com o enredo “Dragões canta Asa Branca”. A homenagem ao povo nordestino será realizada por meio do seu maior hino Asa Branca. Segundo o carnavalesco, Rogério Félix, a ideia do desfile é levar para avenida toda riqueza da arte, cultura, artesanato, folclore nordestino para o nosso carnaval. A escola da Vila Anastácio será a quarta a desfilar na noite de sábado (25). O último ensaio da Dragões será neste sábado a partir das 20h, na quadra da escola na Avenida Embaixador Macedo Soares, 1018, Marginal Tietê, Vila Anastácio.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA