Vereador pede mobilização para reabertura de parque

0
202

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Natalini teme desistência da Prefeitura em reabrir Parque Orlando Villas-Bôas

O vereador Gilberto Natalini (PV) visitou o Parque Orlando Villas-Boas na sexta-feira (6) acompanhado de representantes da comunidade, como o Conselho Participativo Municipal, Cades, Associação Viva Leopoldina e Fórum Social. No local ele manifestou sua preocupação em relação à reabertura do parque. “Hoje meu advogado foi no processo olhar tudo e não tem manifestação de nenhum dos lados. Dia 15 eu fui embora (da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente) e de lá para cá a informação de dentro da secretaria é que a prefeitura está jogando a toalha com respeito à reabertura do parque. Não posso provar, não foi o secretário que me falou, mas soube através de pessoas que estão lá, que queriam trabalhar para reabrir, que a prefeitura está jogando a toalha. Depois que eu saí a prefeitura está desistindo do parque”, relata.

O parque da Vila Leopoldina foi fechado pela justiça em março de 2015, após suspeita de contaminação. Natalini critica o fechamento. “A irresponsabilidade da Doutora Luiza Eluf, seu filho e do promotor Lutti foram altamente nocivos à Lapa e à região. Com essa atitude de porcaria que fizeram, de fechar esse parque à toa, sem motivo técnico, porque o rapaz (filho de Luiza Eluf) passou mal, desmaiou aqui. Mas isso passou, acho que foi motivo de interesses muito maiores que estavam por trás e usaram essa situação para inviabilizar aqui”, afirma. Natalini é o autor do projeto de lei que criou o parque. Em abril deste ano, a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SMVA) atestou que não existe contaminação no local e, assim que o terreno (que pertence à Sabesp) passasse para a prefeitura, o parque seria reaberto.

Natalini sugere a mobilização da comunidade para lutar pela reabertura do parque. “Ou a Lapa e a Leopoldina se unem como nunca se uniram ou vamos perder o parque, esse é o meu feeling”, diz. Entre as ações, o vereador recomenda a elaboração de um abaixo-assinado, o pedido de audiências públicas com a SMVA e com o prefeito João Doria e um mutirão de limpeza no parque. Uma reunião sobre o tema será realizada no dia 17 de outubro, às 19h, na ACSP Distrital Oeste (Rua Pio XI, 418).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA