Mutirão de plantio inaugura corredor de polinização

0
93

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Parceria de entidades e prefeitura para colocação das 70 mudas na região

No sábado (28) canteiros da Avenida Doutor Gastão Vidigal, próximos ao cruzamento com a Rua Major Paladino, receberam 70 mudas de árvores. A Ação foi realizada através de uma parceria da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, por intermédio do DGD Centro-Oeste 1, com a Prefeitura Regional da Lapa, INOVA, Rotary, representado pelos clubes Lapa, Alto da Lapa, Parque Ibirapuera, Nove de Julho, Nova Geração e Cotia Granja Viana. O Grupo de Trabalho de Arborização do Cades Lapa também participou. O objetivo do plantio é atrair espécies polinizadoras, interligando o Parque Orlando Villas-Bôas e Villa-Lobos.

Valter Lima, coordenador de biodiversidade do DGD-CO1, fala sobre a importância da arborização. “As árvores urbanas desempenham funções importantes para os cidadãos e o meio ambiente, tais como benefícios estéticos e funcionais que estão muito além dos seus custos de implantação e manejo. Esses benefícios estendem-se desde o conforto térmico e bem estar psicológico dos seres humanos até a prestação de serviços ambientais indispensáveis à regulação do ecossistema, alem de elevar a permeabilidade do solo e controlar a temperatura e a umidade do ar, recompondo às vezes o corredor biológico da cidade”, explica. Foram plantados exemplares de araçá-roxo, cabeludinha, cereja-do-rio-grande, grumixama, jabuticaba, uvaia, ipê roxo e jerivá.

A programação também contou com atividades recreativas de Educação Ambiental, piquenique colaborativo, oficina de compostagem doméstica e de bombas de sementes, além de ter sido realizada a distribuição de composto orgânico.

Quem também acompanhou o plantio foi a moradora da Rua Catadupas, Santina Pedroso. Moradora da região há 30 anos, ela e seus filhos foram os responsáveis pelo plantio de diversos exemplares que estão no canteiro da Avenida Doutor Gastão Vidigal e fizeram sombra para os participantes da ação. “Plantamos há 28 anos e sempre cuidamos das árvores. Faziamos piqueniques no canteiro”. A moradora aprovou o plantio das novas árvores e aguarda as flores roxas que enfeitarão a frente da sua casa.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA