Emei Dona Leopoldina inaugura casa na árvore

0
115

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Membros do Museu da Casa Brasileira e família Higuchi estreiam casa na árvore

Sábado (11) foi dia de festa na Emei Dona Leopoldina com dupla comemoração.  Além de celebrar a cultura brasileira com o tema “Nossas Raízes”, o público participou da inauguração da tão sonhada casa na árvore, pedido dos alunos que culminou em um esforço da comunidade escolar para tornar o projeto realidade. Tudo começou em 2015, quando a escola em parceria com o Museu da Casa Brasileira ouviu as crianças sobre o que elas gostariam de ter na unidade de ensino. A casa na árvore foi o pedido mais frequente.  Os alunos também desenharam como eles gostariam que fosse a estrutura da casa, com integração de um espaço para a observação de pássaros. Em 2016, o arquiteto do museu Fred Teixeira criou o projeto arquitetônico e a equipe da escola, pais e crianças começaram a se mobilizar para possibilitar a construção. Diversos eventos e festas para angariar recursos foram realizadas e foi graças ao avô de duas alunas, Ângelo Higuchi, que a construção começou. Ele contou com a ajuda da equipe da sua empresa, KZVM, para a realização da montagem.

A inauguração contou a presença dos funcionários e professores da escola, dos pais dos alunos, do arquiteto Fred Teixeira e dos educadores Carlos Barmak e André Reinach, do Museu da Casa Brasileira, e da família do avô que executou o projeto. A comoção foi grande durante a abertura da casa, quando foi revelada a placa de “Casa do Vovô Angelo”, em homenagem a Higuchi.  Márcia Covelo Harmbach, diretora da escola, fala da importância da data para todos os envolvidos. “Hoje é um grande dia para a Emei Dona Leopoldina. Essa casa na árvore é o coroamento de todo o sonho que tivemos há dois anos e da união de todo mundo, pais, comunidade, parceiros, pessoal da escola e a coisa mais importante que são as crianças. O mais bonito de tudo é que esse sonho é das crianças, tudo que tem aqui, a casa na árvore, o observatório (de pássaros), foi tudo feito a partir das ideias das crianças, nós apenas concretizamos. Acho que isso é o papel de toda escola, fazer as crianças felizes, e tenho certeza que na Emei Dona Leopoldina elas são felizes”, declara.  Todo o projeto foi fruto do trabalho da comunidade escolar e dos parceiros, sem apoio do poder público. Com o corte do laço na escadaria que leva à casa na árvore, logo se formou uma fila dos alunos, ansiosos para explorar a nova estrutura. A festa também contou com apresentações culturais e oficinas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA