Políticos participam de reabertura do auditório no Memorial

0
751

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Auditório cheio no concerto de inauguração para convidados e imprensa

O Auditório Simón Bolívar, no Memorial da América Latina, recebeu o concerto da Orquestra Jazz Sinfônica para a cerimônia de reabertura do espaço na sexta-feira (15), fechado desde 2013 após sofrer um incêndio. Estiveram presentes o governador Geraldo Alckmin, o vice-prefeito Bruno Covas, o secretário estadual da Cultura José Penna, o deputado federal Roberto Freire, e o presidente do Memorial Irineu Ferraz. Alckmin elogiou as melhorias estruturais realizadas no auditório. “O Memorial ficou mais confortável, com uma acústica muito melhor para apresentação de shows, orquestras, teatro, música. Enfim, um auditório extraordinário, multiuso, para nossa capital”, declara o governador. Irineu Ferraz falou sobre as dificuldades de modernizar o espaço. “O desafio diário era o de encontrar soluções para problemas ainda inusitados em se tratando de um patrimônio público que, ao mesmo tempo, é considerado uma obra de arte”, disse.

No sábado (16), o auditório foi aberto ao público com o espetáculo “Jazz & Divas – Uma homenagem à Elza Soares”, com a Orquestra Jazz Sinfônica, Baby do Brasil, Sandra de Sá, Paula Lima, Rosana, Vânia Bastos, Liniker e As Bahias e A Cozinha Mineira, além da própria Elza Soares.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA