Pelezão ganha bosque de orquídeas em evento do Dia das Boas Ações

1
1017

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Alunos da URDV (Unidade para Reabilitação de Deficientes Visuais) de Perdizes acomodaram cerca de 30 mudas de orquídeas no bosque localizado próximo à entrada do Pelezão

O Centro Educacional e Esportivo Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão, ganhou um bosque de orquídeas na quarta-feira (18) em uma ação que celebrou tanto o Dia das Boas Ações, evento global de voluntariado que chega à sua terceira edição o Brasil, e Abril Marrom, escolhido como o mês de prevenção, combate e reabilitação às diversas espécies de cegueira.

O evento foi realizado a partir de uma parceria das ONGs OHquidea e Natureza Viva e contou com a participação de alunos da URDV (Unidade para Reabilitação de Deficientes Visuais), de Perdizes.

Cesar Kawamura, fundador da OHquidea, realizou uma palestra sobre o manejo das plantas e o trabalho de adoção realizado pela ONG. “Nós resgatamos orquídeas que são jogadas fora e através de ações educativas nós criamos guardiões dessas plantas que só precisam ser acomodadas nas árvores. Queremos sensibilizar as pessoas para criar um vínculo com as áreas públicas onde as orquídeas são colocadas”, diz. Meire Mattos, fundadora da Natureza Viva, explica o trabalho de recuperação de área degradadas realizado pela ONG localizada na Vila Anastácio.

Os alunos da URDV com seus acompanhantes, a educadora física Pamela Fernandes e o psicólogo Tafarel Gomes acomodaram cerca de 30 mudas de orquídeas no bosque localizado próximo à entrada do Pelezão.

1 COMENTÁRIO

  1. Obrigado pelo apoio de todos os alunos e da sociedade. Em breve poderemos atender mais espaços através das atividades da Natureza Viva. #ohquidea

DEIXE UMA RESPOSTA