Intenções

0
100

De boas intenções… a Lapa está cheia! Começou de fato o clima pré-eleição e cada vez mais veremos políticos pela região. Algumas dessas incursões poderão ser vistas nas páginas desta edição. Seja para divulgar as próprias campanhas ou as candidaturas de correligionários, o esforço de se aproximar da comunidade e eleitores será maior.

Cabe à população ter o discernimento para confiar seu valioso voto àqueles que de fato acompanham as demandas da região e que mais do que prometer, serão capazes de fazer a movimentação necessária para tirar os projetos do papel. Se acreditarmos no que é dito em campanha, sem cobrar e acompanhar, um novo eclipse lunar acontecerá antes de que os problemas tenham sido resolvidos.

Mas ao invés de falar das grandes e complexas questões, gostaria de destacar uma ação que à primeira vista pode parecer pequena, mas que faz grande diferença. Na segunda-feira (23) a Vila Leopoldina foi palco do Dia da Diva, evento focado na promoção do bem-estar de mulheres em situação de rua. Além das equipes de assistência social envolvidas na organização das atividades, que têm um relacionamento mais estreito com o público-alvo da ação, foi muito positivo ver que a comunidade também participou, seja com trabalho voluntário ou com doações.

Sempre alguém levanta o ponto de que existem problemas muito maiores para se preocupar como o desemprego, a violência decorrente do tráfico de drogas, a fome, e que essas questões deveriam ganhar mais atenção do que um dia com tratamentos e serviços realizados para melhorar a autoestima das pessoas. Mas, ao contrário, talvez seja a falta de autoestima a causadora das principais mazelas da sociedade. E não só no âmbito pessoal, mas a falta de estima pelo bairro, pelos vizinhos, pela comunidade como um todo, que causa a descrença de que é possível, mesmo que aos poucos, mudar a realidade. Se de todas as mulheres que participaram do Dia da Diva, uma conseguir mudar de vida, deixar a rua e todas as implicações ligadas a essa situação de vulnerabilidade, a Lapa já vai ficar melhor do que era antes.

A verdadeira boa intenção é aquela feita em prol do próximo, sem esperar nada em troca além da satisfação de saber que, dentro da nossa capacidade, conseguimos ajudar. Que iniciativas assim se multipliquem e se espalhem por toda parte.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA