Escreva para a Casa Amarela!

0
727

A Casa Amarela foi construída em 1921 dentro do sítio do italiano Angelo de Bortoli.Nessa época a Casa avistava as colinas ao seu redor, contemplava o céu livremente, sem obstáculos e recebia raios de sol por todos os lados. O destino da Casa era abrigar as famílias que chegavam à Vila Romana e assim foi durante muito tempo. Ainda hoje a Casa recebe visitas emocionadas de pessoas que a habitaram.

A Casa viu o surgimento das ruas, a canalização do Córrego Tiburtino e gradualmente foi deixando de enxergar as colinas então ocupadas por casas e posteriormente prédios. Atualmente a Casa sofre fortes abalos em sua edificação devido ao grande fluxo de carros e pesados caminhões que a fazem estremecer; quase nem enxerga o céu, corre o risco até de perder o sol, mas sua postura de integridade e resistência traz esperança a todos. A Casa é a memória viva de um tempo outro, que interage corajosamente com o mundo contemporâneo.

Apesar da hostilidade ambiental, a Casa Amarela oferece espaços de aconchego, inclusão e compartilhamento. A oficina “Uma Carta para a Casa” propõe dar voz à comunidade e possibilitar reflexões sobre identidade, pertencimento, cidadania, afetos e memórias.
A Carta poderá ser escrita durante a Jornada, ou trazida pronta em papel sulfite A4.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA