Conseg Lapa realiza reunião com novo capitão da 1ª Cia. do 4º BPM/M

0
692

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
O Capitão Sanchez apresentou à comunidade os três policiais que mais realizaram prisões na região.

Na reunião do Conseg Lapa foi apresentado o novo capitão da 1º Cia. do 4º BPM/M, Paulo Sanchez. Ele atuou na região até 2008, depois foi para a Rota e retornou este ano. “Depois de dez anos vejo que os problemas continuam os mesmos, roubos na Rua Doze de Outubro, William Speers, Guaicurus, furtos de veículos na Pompeia. Vamos trabalhar para mudar isso”, afirma. Ele também falou sobre a importância do programa Vizinhança Solidária, citando o caso de quatro indivíduos que realizavam sequestros-relâmpago na Lapa, Vila Leopoldina e Barra Funda, que foram presos graças às imagens cedidas por moradores que fazem parte do programa. O Capitão Sanchez também apresentou à comunidade os três policiais que mais realizaram prisões na região.

Comunidade auxilia na captura de grupo que realizava sequestros-relâmpago

Moradores organizados da Vila Leopoldina contribuíram para a prisão de um grupo que realizava sequestros-relâmpago nas ruas da Lapa, Vila Leopoldina e Barra Funda. Um dos sequestros ocorreu na quarta-feira (24), por volta das 19h, na Rua Carlos Weber, altura do número 1529. A vítima foi levada em seu carro até a Rua Doutor Campos da Paz, no Parque da Lapa, onde foi transferida para outro veículo, que identificou como sendo um Gol (Volkswagen) vermelho. No dia seguinte, o 2º Tenente Valadares entrou em contato com tutores do Vizinhança Solidária da Vila Leopoldina para solicitar imagens de câmeras nos horários e locais do sequestro. Com as imagens, foi possível identificar que o carro vermelho era na verdade um Agile da Chevrolet. A informação foi repassada em grupos de celular dos moradores.

No sábado (27), o tutor de umas das ruas participantes do Vizinhança Solidária recebeu a informação que um carro com as características divulgadas estava circulando na área, mas a pessoa que identificou o carro só anotou as letras da placa. As letras foram passadas ao Tenente Valadares e para a inteligência (P2) da PM, que por cruzamento de dados, conseguiu encontrar a placa completa, e constatar que o carro era fruto de roubo e estava com uma placa falsa. A polícia conseguiu identificar a passagem dos bandidos pela Avenida Doutor Gastão Vidigal e monitorou o grupo até ser realizada a interceptação na Avenida Sumaré, esquina com a Rua Vanderlei, pela equipe do 1º Tenente Diogo Nishikata. Os quatro ocupantes do veículo foram encontrados com uma pistola 380, carregada e com numeração raspada. Eles foram encaminhados ao 91º DP e reconhecidos por uma vítima. Moradores da região que queiram mais informações sobre o programa Vizinhança Solidária e casos do bairro podem acessar a página no Facebook “Vizinhança Solidária Leopoldina 2ª Cia. 4ºBPM”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA