Subprefeitura realiza primeira reunião de zeladoria do ano

0
613

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Após ouvir as demandas da população, Leo Santos falou da importância do diálogo para a construção de soluções em conjunto

Conforme prometido durante o Café com a Comunidade realizado pelo JG, o subprefeito da Lapa Leo Santos retomou as reuniões de zeladoria. Ao contrário das últimas reuniões de 2018, com notável esvaziamento, o encontro contou com um público considerável.

Um dos temas discutidos, que frequentemente aparece em reuniões dos conselhos comunitários de segurança, é a ocupação de calçadas por bares. Moradores reclamaram que, ao acionar a fiscalização da subprefeitura, os horários e dias que os fiscais realizam as visitas geralmente não são os mesmos em que é possível constatar o uso excedido dos passeios públicos, e com isso os estabelecimentos não são multados.

Também foi solicitada a volta de um ponto de ônibus na Rua Conselheiro Olegário, na Vila Anastácio, retirado pela SP Trans após ofício de moradores que queriam apenas que o ponto mudasse de lugar. Eles afirmam que o ponto atende um grande número de pessoas, entre pais de alunos da CEI Nossa Senhora da Anunciação e de uma igreja próxima.

Moradores da Rua Botocudos voltaram a cobrar a reversão da medida que desviou o trânsito de caminhões para dentro do bairro em direção à Marginal Tietê. A demanda já estava em discussão com o ex-subprefeito Carlos Fernandes.

Joaquim Baldoíno, morador da Vila Anastácio, afirma que o bairro tem necessidade de serviços básicos como varrição, limpeza de bueiros e instalação de lixeiras. Ele também cobrou manutenção para a passagem da Rua Doze de Outubro, que estaria com muito lixo e gradis quebrados.

Foi relatada a presença de buracos em diversas vias como as ruas Cerro Corá, Barão de Itaúna e entorno do metrô Sumaré.

Após ouvir as demandas da população, Leo Santos falou da importância do diálogo para a construção de soluções em conjunto. “Boa comunicação é o cerne para fazer gestão pública”, afirma. Informou ainda sobre as mudanças nos sistemas operacionais da prefeitura, que vão passar por modernização para melhorar os processos e dar devolutivas mais qualificadas para o munícipe que enviar uma demanda. Uma das melhorias é o cruzamento de informações para casos de poda de árvores que demandam tanto as equipes da prefeitura como da Enel.

Está prevista a entrega de devolutivas das demandas apresentadas na reunião realizada na quinta-feira (7) no próximo encontro, que será em março.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA