Subprefeitura inicia campanha para destinação correta de bitucas

0
335

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Leo Santos, Soninha Francine e Marcos Poiato, que recicla bitucas com tecnologia da UnB

A Subprefeitura Lapa realiza neste mês a campanha “Bituca – #EuJogoCerto”, para conscientizar moradores e proprietários de bares e restaurantes sobre a importância de descartar corretamente as bitucas de cigarro.

Na segunda-feira (5) foi realizada uma palestra com Marcos Poiato, da empresa Poiato Recicla, com sede no município de Votorantim. Poiato criou a primeira usina de reciclagem de resíduos de cigarro do Brasil, a partir de uma tecnologia desenvolvida pela Universidade de Brasília (UnB). Na palestra, ele falou sobre os malefícios do cigarro, tanto para a saúde como para o ambiente, e explicou como funciona o processo de reciclagem. “Desenvolvemos um modelo de caixa coletora e já temos mais de 15 mil unidades espalhadas pelo Brasil. Em São Paulo já temos mais de 100 clientes e 97% das empresas que nos procuram são bares e restaurantes. A Lapa será a primeira subprefeitura, então esse é um projeto piloto”, afirma Marcos Poiato.

As bitucas coletadas nas caixas são enviadas para a sede da Poiato Recicla onde são tratadas, por conta das mais de 8 mil substâncias tóxicas que contêm, e transformadas em massa celulósica que poderá dar origem a cadernos e outros materiais. “As aulas de arte do Sesi Votorantim utilizam materiais feitos com a massa celulósica que doamos”, relata Poiato.

Na região, a subprefeitura instalou as caixas em locais com grande fluxo de pessoas, como a entrada do Tendal da Lapa, onde também tem um ponto de ônibus, Mercado da Lapa, Toca da Onça, Parque da Água Branca, Poupatempo, Terminal Barra Funda, Uninove e túnel da Rua Doze de Outubro. As caixas coletoras ficarão disponíveis até o dia 22 de agosto, quando serão enviadas à Poiato Recicla. Parte das bitucas será utilizada para a criação de uma obra do artista plástico Sergio Fabris, no dia 25 de agosto na Avenida Sumaré, durante o evento “Sumaré Sustentável”, dentro da programação da Virada Sustentável 2019.

A vereadora Soninha Francine acompanhou a palestra e apoia a ação. “Felizmente as pessoas estão ficando cada vez mais conscientes que o microlixo é um problema sério. Chega de pensar de que por ser pequeno pode ser jogado em qualquer lugar. Ainda mais no caso da bituca que além de ter os efeitos de qualquer lixo, é também um lixo tóxico. A gente tem que chamar a atenção. É surpreendente que pessoas que jamais jogariam um lixo maior em lugar errado arremessam bitucas nas calçadas. Vamos criar uma ação de bastante visibilidade para que de agora em diante as pessoas nunca mais olhem uma bituca da mesma forma”, diz.

O subprefeito da Lapa, Leo Santos, falou na palestra sobre a Lei 16.869, vigente desde 2018, que obriga a instalação de bituqueiras nas testadas dos estabelecimentos da cidade, sendo que o descumprimento pode gerar multa de até R$ 1,5 mil por mês. Proprietários de bares e restaurantes que queiram instalar as caixas coletoras podem entrar em contato com a Poiato Recicla pelo telefone (15) 3242-6140 ou site www.poiatorecicla.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA