Exposição sobre Leonardo da Vinci inaugura MIS Experience na Água Branca

0
462

Foto: Divulgação

Divulgação
Exposição imersiva fica disponível até 1º de março de 2020

Uma nova opção cultural será inaugurada na região em novembro. O MIS Experience, espaço voltado para experiências imersivas e interativas vinculado ao Museu da Imagem e do Som (MIS), será aberto ao público a partir do dia 2 de novembro com a exposição “Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”. Os visitantes vão conhecer a vida e legado do inventor e artista renascentista em 18 áreas temáticas, com réplicas de máquinas desenvolvidas por ele, como os protótipos do helicóptero, automóvel, submarino, paraquedas e bicicleta. Uma das áreas é chamada “Segredos de Mona Lisa”, que oferece uma análise profunda da pintura mais famosa do mundo.

Outro destaque é a experiência multissensorial proporcionada por animações gráficas em alta definição, que permitirão uma vivência divertida e educativa para pessoas de todas as idades. Criada em parceria com o Museo Leonardo da Vinci, de Roma, e com a colaboração de diversos especialistas e historiadores da Itália e da França, a exposição foi concebida pela empresa australiana Grande Exhibitions.

O MIS Experience é resultado de uma parceria com a Rádio e TV Cultura, e conta com uma área expositiva de 1,7 mil m², mais outros 800 m² de área de projeção. “Essa iniciativa estabelece um novo MIS. O MIS Experience é um novo espaço, numa nova área, junto da TV Cultura, fruto de uma ação cooperada com a Rádio e TV Cultura, da Fundação Padre Anchieta. Com investimento de R$ 8,5 milhões, 100% do setor privado, aproveito como Governador para agradecer o apoio das empresas, que mais uma vez investiram em mais essa iniciativa cultural, como fizeram no Festival de Campos do Jordão, no SP Gastronomia e na recuperação do Museu do Ipiranga”, declarou o governador João Doria. A mostra “Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio” tem patrocínio do Bradesco, Cielo, Fiat, Pirelli, Sabesp e Vale. “O Estado ganha um equipamento de ponta voltado a exposições imersivas. É o primeiro espaço deste tipo na América Latina”, afirma o Secretário da Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão.

A exposição ficará em cartaz de 2 de novembro até 1º de março de 2020 na Rua Vladimir Herzog, 75. A visitação poderá ser realizada de terça-feira a domingo, das 10h às 20h, e os ingressos custam R$ 40 (sábados, domingos e feriados) e R$ 30 (de quarta-feira a sexta-feira). Estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia entrada e nas terças-feiras a exposição é gratuita.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA