Pelo Sorocabana 100% SUS

0
470

Com o auditório do Teatro Cacilda Becker lotado, movimento de saúde, conselheiros gestores e moradores da Lapa deram um exemplo de cidadania na audiência pública da Comissão de Saúde da Câmara Municipal que tratou da reabertura do Hospital Sorocabana e da transferência da gestão da UBS Jardim Vera Cruz para uma organização social.

Do Sorocabana existe impasse que se arrasta desde 2011 que é a transferência da posse da área pelo governo do Estado para a Prefeitura. Partes convidadas, só o governo do Estado compareceu.

Com isso, a audiência se tornou um ato de desagravo. Os moradores reivindicam, com razão, a reabertura do hospital como 100% público. A justificativa é legítima. A Lapa não tem leito de hospital do SUS (Sistema Único de Saúde).

Sobre a posse, Osmar Mikio, da Secretaria Estadual da Saúde, disse que há decreto de 2016 de concessão por 20 anos para o município usar esse hospital. Segundo ele, o secretário Municipal da Saúde, Edson Aparecido, porém, pediu a doação da área. “O processo da doação está tramitando, e não há objeção do governo”, afirmou.

Ficou no ar a questão: por que a Prefeitura não assumiu a reabertura do hospital com a concessão de 2016? No local funcionam equipamentos de saúde municipais.
Nesses anos, a reabertura é repleta de promessas. Por isso, todos saíram da audiência com a certeza de que os bons tempos em que o Sorocabana atendia pelo SUS só voltam com muita luta.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA