Conseg Lapa discute Perturbação de sossego e fiscalização

0
130

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Reunião do Conseg Lapa

A reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) da Lapa, na segunda-feira (27), discutiu a realização de eventos na região. Foi solicitada a fiscalização por causa da presença de flanelinhas e citado como exemplo o MIS Experience que está com a exposição “Leonardo da Vinci – 500 anos de um gênio”. Segundo o Capitão Paulo Sanchez, da 1º Cia. do 4º BPM/M, policiais já estiveram no local e chegaram a combater a ação dos guardadores de carros, porém, nenhuma vítima realizou a identificação.

Também foi citado um evento realizado no domingo (26) na Rua do Curtume. Moradores defenderam que a via localizada entre o Poupatempo Lapa e a subprefeitura não é adequada para festas por questões de segurança e perturbação do sossego. Rafael Leite, representante da Subprefeitura Lapa, explicou que nos últimos três anos somente dois eventos foram autorizados no local e que a administração regional tenta encontrar um denominador comum para permitir os eventos e reduzir o impacto para os moradores.

A reunião também teve reclamações sobre o barulho de festas realizadas em quadras de samba, um empreendimento sem identificação do engenheiro responsável na Rua Ibiquara, a falta de estudo de impacto em uma obra na Praça Monsenhor José Maria Monteiro e um pedido de poda de árvore no Largo da Lapa que foi aberto em 2010 e não foi atendido.
Ao final, foi feita uma oração em memória de José Celis, ex-membro da diretoria do Conseg Lapa, que faleceu em 23 de dezembro do ano passado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA