Grupo busca recursos para revitalizar escola da Lapa

0
631

Foto: Divulgação

Divulgação
Escola com 514 alunos tem diversos problemas de estrutura e falta de materiais

Em um momento em que todos estão preocupados com cuidados de higiene e com medo da transmissão do coronavírus, uma escola da região está com sérios problemas de estrutura. Sem água, sabão, portas nos banheiros e com rachaduras, bebedouros quebrados e paredes rabiscadas, o primeiro dia de aula na Escola Estadual Romeu de Moraes foi um choque para muitos pais.

Uma mãe que também é ex-aluna da escola ficou muito triste ao ver o quanto a escola se deteriorou em um período de dez anos. Ela enviou fotos para amigos que estudaram com ela e todos ficaram impressionados com as condições precárias da escola que já foi referência na Lapa. Foi através dessa indignação que nasceu o Projeto Amigos do Romeu. O grupo foi conversar com a diretoria para elencar todas as necessidades da escola e com isso procurar empresas e parceiros que possam ajudar. Quando conseguir o material necessário, o grupo quer organizar um mutirão para, ao menos, sanar os problemas mais graves e dar qualidade de vida para alunos, professores e funcionários. Com o Projeto Amigos do Romeu já foram instalados 15 assentos de privada, dos 18 que faltavam. Também foram consertados bancos que estavam instáveis.

O grupo procura agora doações de materiais de construção como areia, cimento, tinta, pincéis e rolos, pás, lixas, rejuntes, telas de proteção e outros itens como ventiladores, lâmpadas, câmaras de segurança e materiais de higiene como dispenser para sabonete líquido e papel higiênico. Também é necessária mão de obra para trabalhar no dia do mutirão, ainda sem data definida.

Representantes do grupo conversaram com os alunos para escutar as demandas deles, além das necessidades estruturais, e foram pedidas oficinas, passeios e uma semana sobre profissões. A Escola Estadual Romeu de Moraes tem atualmente 514 alunos do ensino fundamental 2 e ensino médio, além de alunos da Escola Estadual Professora Marina Cerqueira César que foi interditada pelo risco de queda de árvores. Por serem mais novos, do ensino fundamental 1, os alunos ficam em um andar separado na Romeu de Moraes.
Quem puder contribuir com doações ou quiser participar do projeto pode entrar em contato pela página do Facebook (www.facebook.com/projetoamigosdoromeu), pelo e-mail projetoamigosdoromeu@gmail.com ou pelo Instagram (www.instagram.com/projeto_amigosdoromeu).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA