Como será a volta à escola?

0
345

O trauma com a Covid-19 é enorme. O mais importante para organizar a volta à escola é considerar o estresse emocional de todos: dos alunos, das famílias, dos professores, do quadro de apoio e dos funcionários terceirizados. Todos precisam ser acolhidos e também ouvidos na construção de compromissos e regras para o dia a dia do retorno às aulas.

Até que se consiga uma vacina ou a cura eficiente, é preciso manter um distanciamento seguro. Preservar a vida é essencial. Por isso, a volta às aulas deve ser aos poucos, e nem todos de uma vez. Os espaços da escola devem ser higienizados várias vezes ao dia. A colaboração dos alunos nisso é importante. Além disso, álcool gel e máscaras descartáveis devem estar disponíveis sempre.

Importante ampliar a solidariedade entre todos, mas exigir também uma ação efetiva do poder público em apoio aos alunos e suas famílias em situação de maior vulnerabilidade.

Ninguém fica para trás. Preservar a escola como local de desenvolvimento humano: combate ao abandono escolar e intenso trabalho de recuperação pedagógica tendo como base, também, um grande envolvimento dos alunos e suas famílias.

Com esperança, com participação e muito trabalho vamos buscar uma volta segura e manter a meta clara de construir um futuro melhor para todos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA