Eleições 2020 – Candidatos a Prefeito

0
180

Foto: Divulgação

Divulgação
Eleições municipais acontecem no domingo (15) das 7h às 17h

Candidatos à Prefeitura de São Paulo ligados à região ou que estiveram na Lapa durante a campanha.

Marina Helou
Partido: Rede Sustentabilidade
Número: 18
Vice: Marco Dipreto

Marina HelouMoradora do Alto de Pinheiros, mãe de dois filhos e deputada estadual. Formada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pós-graduada em negócios e sustentabilidade pela Fundação Dom Cabral/Cambridge University.Fundadora da filial da CREA+, ONG voltada para a educação que atua para potencializar o aprendizado de alunos da rede pública de ensino de São Paulo. Na Alesp, suas principais pautas foram a Primeira Infância, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Prevenção de Homicídios na Adolescência e mais mulheres na política. Defende ampliar a participação da sociedade da administração pública e eleições para as subprefeituras.

Bruno Covas
Partido: PSDB
Número: 45
Vice: Ricardo Nunes

Bruno CovasPrefeito de São Paulo, assumiu a gestão com a saída de João Doria para o governo do Estado. Advogado e economista, foi deputado federal (2015/16) e estadual (2007/14). Esteve na região para a reabertura do Hospital Sorocabana, que recebeu 55 leitos para pacientes de Covid-19 nos pisos inferiores, e vistoriou as obras de requalificação de calçadas na Lapa de Baixo e na Rua Guaicurus, em frente à Subprefeitura Lapa.Autorizou o início das obras da Ligação Viária Pirituba-Lapa. Com a pandemia, afirma ter aberto oito novos hospitais, quase mil leitos permanentes e mais de 50 unidades de saúde. Beneficiou cerca de 770 mil alunos com o Cartão Merenda após a suspensão das aulas na rede municipal.

Andrea Matarazzo
Partido: PSB
Número: 55
Vice: Marta Costa

Andrea MatarazzoCom trinta anos de vida pública, já passou pelas três esferas de poder. No governo federal foi ministro da Comunicação e embaixador do Brasil na Itália. No Estado de São Paulo, foi secretário de Energia, de Cultura e presidente da Companhia Energética de São Paulo (CESP). No município, foi subprefeito da Sé, secretário municipal de Serviços e secretário das Subprefeituras, ganhando a alcunha de “xerife da cidade”. Quer criar novos postos de trabalho para recuperar a cidade dos impactos econômicos da pandemia e defende a reurbanização de favelas, para transformá-las em bairros com mais desenvolvimento local. Apoia o Movimento IPTU Justo. Esteve em campanha no Mercado Municipal da Lapa, onde afirmou ser contra a concessão do centro de abastecimento, mantendo a administração com os permissionários.

Levy Fidelix
Partido: PRTB
Número: 28
Vice: Jairo Glikson (Ex-presidente do Conseg Leopoldina)

Levy FidelixEm 1989 e 1990 foi um dos assessores de comunicação da campanha à Presidência da República de Fernando Collor de Mello. Em 1992, fundou o PTRB, que antecedeu o atual PRTB, constituído em 1994, partido do qual faz parte o vice-presidente de Jair Bolsonaro, Hamilton Mourão. Além do projeto do aerotrem, afirmou em campanha que gostaria de canalizar os rios Tietê e Pinheiros para fazer uma área de lazer e uma via expressa. Defende a proposta de mudar a Ceagesp de lugar por conta do trânsito gerado na Vila Leopoldina.

Celso Russomanno
Partido: Republicanos
Número: 10
Vice: Marcos da Costa

Celso RussomannoJornalista e bacharel em direito, ganhou notoriedade no início dos anos 1990 com um programa onde mediava reclamações de consumidores que se sentiam lesados por empresas de diversos setores. Entre suas propostas está a criação do auxílio paulistano, para aumentar o valor recebido pelos mais de dois milhões e meio de beneficiários do auxílio emergencial em São Paulo. Esteve na Ceagesp, onde defendeu a permanência e revitalização do entreposto.

Márcio França
Partido: PSB
Número: 40
Vice: Antonio Neto

M+írcio Fran+ºaAdvogado, prefeito eleito e reeleito em São Vicente. Foi deputado federal por São Paulo em 2006 e reeleito em 2010, vice-governador em 2014, secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação em 2014, e governador de São Paulo de 2018 a 2019. Entre suas propostas está a de fazer um convênio com o SENAI, para que alunos da rede pública possam fazer cursos técnicos profissionalizantes 100% gratuitos, fortalecer os atendimentos relacionados à saúde mental, criar um conjunto de calçadões na região central, que serão utilizados como ponto de atração turística e cultural, com serviços e comércios 24 horas, além de inaugurar uma universidade exclusivamente de educação à distância. Esteve no Mercado Municipal da Lapa e na Ceagesp durante a campanha.

Guilherme Boulos
Partido: PSOL
Número: 50
Vice: Luiza Erundina

Guilherme BoulosProfessor formado em filosofia pela USP, coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo, de onde fazem parte coletivos como o Lapa Sem Medo e o Pompeia Sem Medo. Único candidato à Prefeitura que mora na periferia, no bairro do Campo Limpo. Suas propostas estão relacionadas a temas de justiça social. Propõe tarifa zero no transporte público para estudantes e desempregados, abertura de concursos para médicos especialistas e de família, quer criar o Programa de Renda Solidária, reestruturando e ampliando o programa existente para garantir que nenhuma família vulnerável em São Paulo fique sem uma renda mínima, e ampliar a construção de moradia popular. Esteve na região no Hospital Sorocabana, onde se comprometeu a trabalhar pela reabertura do equipamento, com atendimento exclusivo para o SUS.

Jilmar Tatto
Partido: PT
Número: 13
Vice: Carlos Zarattini

Jilmar TattoÉ secretário nacional de comunicação do PT, já foi deputado estadual, secretário municipal do Abastecimento e secretário da implementação das subprefeituras na gestão de Marta Suplicy. Foi secretário de Transportes de Fernando Haddad, contribuindo para a implantação de mais de 400 km de ciclovias e 400 km de faixas exclusivas de ônibus. Participou de projetos como a Paulista Aberta e diminuiu a velocidade das marginais, reduzindo em 35% as mortes naquele período. Entre suas propostas está a de ampliar o funcionamento das unidades da Rede Hora Certa para 24 horas, criar um programa de incentivo para pequenas e microempresas, retomar o Leve Leite, oferecer transporte gratuito para pacientes e acompanhantes que forem em consultas da rede municipal de saúde. Esteve na região no canteiro da Ligação Viária Pirituba-Lapa, onde prometeu retomar as obras.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA