Escultura do Pelé ganha máscara para conscientizar visitantes de museu

0
204

Foto: Olga Bagatini/Museu do Futebol

Olga Bagatini/Museu do Futebol
Selfies só de máscara durante o passeio

O Museu do Futebol está com a exposição “Pelé 80 – O Rei do Futebol” em cartaz. A escultura que dá as boas-vindas na entrada da mostra ganhou uma máscara de tecido para conscientizar os visitantes a manterem a proteção no rosto em todos os momentos do passeio.

Outras medidas também foram adotadas como a redução da capacidade de público, venda de ingresso com hora marcada, medição de temperatura de visitantes e funcionários na entrada, sinalização para distanciamento social e adaptação de todas as experiências interativas para funcionarem conectadas ao celular do público, evitando o toque nos equipamentos do museu.

A ideia de implementar a máscara na escultura se deu por conta das famosas selfies. “Os visitantes sempre alegam que é ‘só um minutinho’ para fazer a foto. Mas, pensem nos nossos funcionários: para eles, são vários minutinhos por dia, com várias pessoas diferentes. Por isso a equipe teve a ideia de vestir uma máscara na escultura de Pelé. Se ele vai aparecer com máscara na foto, nada mais lógico que o visitante também use a sua”, explica Renata Motta, diretora executiva do IDBrasil, organização social de cultura que gerencia o Museu do Futebol. Além do risco de contaminação, cidadãos que descumprem o uso obrigatório de máscara podem pagar multa de R$ 524,59 segundo decreto do Governo do Estado.

A exposição fica em cartaz até 15 de abril, de terça a domingo, das 10h às 19h. O Museu do Futebol fica no Estádio do Pacaembu, na Praça Charles Miller, s/n. Os ingressos custam entre R$ 5 e R$ 20 e podem ser adquiridos no site (www.museudofutebol.org.br/ingressos). Crianças de até 6 anos não pagam e a entrada é gratuita para todos nas terças-feiras, com emissão antecipada de ingresso obrigatória pelo site.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA