Um ano que promete

0
768

Nesse início de 2008, fomos buscar em nossos arquivos, imagens significativas do ano que passou. Resgatamos momentos alegres, tristes, descontraídos, tensos, esperançosos, decepcionantes…. Enfim, separamos acontecimentos que fizeram parte da nossa vida cotidiana, que, como os retratos aqui pinçados, também é cheia de altos e baixos.Enquanto separávamos textos e fotos, trocávamos idéias sobre o significado de alguns desses acontecimentos. Deles, foi possível extrair um valoroso aprendizado, que nos remete ao necessário repensar de atitudes, sejam elas de âmbito interno (redação, departamento comercial, marketing) ou de abrangência externa (a própria dinâmica do cotidiano comunitário).
Internamente lançamo-nos num intenso debate para projetarmos os próximos 12 meses. Mergulhamos num minucioso e exaustivo exercício de olharmos o ontem para construirmos um amanhã mais sólido e robusto.Traçamos planos, metas; definimos estratégias, ações e eventos.
Em todos os momentos desse grande trabalho jamais desviamos o foco daquilo que é a nossa razão de ser: a comunidade. Cada ação a ser desencadeada a partir deste mês até o final do ano não é aleatória e muito menos desprovida de sentido e objetivo.
Noticiar, semanalmente nas páginas do JG, o dia-a-dia dos bairros da região é apenas uma das pontas de todo um sistema de comunicação que pretendemos implantar. Ele tem várias faces e uma delas é a linguagem multimídia – com base no mundo virtual da Internet – e incrementada por eventos presenciais como a série de seminários Comunidade e Cidadania. Iniciativa bem sucedida, esses encontros geraram um filhote mais descontraído, que apresentaremos e lançaremos oportunamente.
Para 2008 também está previsto um aumento da tiragem semanal, com o JG chegando a mais um bairro pertencente à região administrativa da Subprefeitura da Lapa. Ainda no plano editorial, o cotidiano dos bairros nos permite pensar em um outro formato de publicação: livros com conteúdos temáticos locais.
Tudo isso somado nos permite dizer, com absoluta transparência, que tanto os leitores quanto anunciantes que nos prestigiam poderão contar com o mais abrangente e diversificado sistema de comunicação regional da Zona Oeste. Tudo com a marca JG, um selo ético, responsável, confiável e sempre engajado comunitariamente. Por isso, continuem com a gente no ano que começa. Vai valer a pena.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA