Proteção ao pedestre

0
1652

Há três semanas está na pauta de votação da Câmara Municipal o projeto de minha autoria que cria o Estatuto do Pedestre. Quando sancionada pelo prefeito, será a 1ª legislação de São Paulo que coloca o pedestre como foco principal da política de mobilidade do município. Se até agora tivemos o carro como ator das políticas públicas da cidade, com o Estatuto teremos o pedestre como prioridade. Afinal, somos todos pedestres e quem anda a pé é sempre mais vulnerável e mais precisa de proteção.

Na prática, a lei irá garantir à população sinalização adequada ao pedestre, mais tempo de travessia nas faixas, iluminação nas calçadas – e não só no viário para os veículos – e pavimentos com menos buracos e que possibilitem um caminhar sem perigo de queda aos pedestres e livre acesso aos portadores de deficiência.

A questão é urgente e precisa ser deliberada pela Câmara. Dados recentes divulgados pela CET mostram que o número de atropelamentos na cidade tem aumentado. Os parlamentares são favoráveis ao projeto – tanto que todos assinaram como coautores do texto. A proposta conta ainda com o aval do Secretário Municipal dos Transportes, que manifestou publicamente ser favorável à adoção do Estatuto. Questões políticas que nada tem a ver com o estatuto têm barrado sua aprovação final em plenário. Seria importante para a população da cidade que os vereadores deixassem por um instante suas queixas de lado e fizessem um esforço conjunto para aprovar este projeto que interessa a todos.
Na próxima quarta a nossa luta continua!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA