Subprefeito apresenta balanço do primeiro semestre

0
967

Foto: Thiago Alan

Thiago Alan
Leo Santos falou para entidades e lideranças sobre as ações realizadas pela Subprefeitura Lapa no primeiro semestre de 2019

O Jornal da Gente e Página Editora realizaram na quinta-feira (26) o “Café com a Comunidade”, evento para empresários e lideranças comunitárias da região com uma apresentação do subprefeito da Lapa Leo Santos sobre as atividades e trabalhos realizados no primeiro semestre de 2019. O café aconteceu no Areópago Eventos em parceria com o Buffet Nogueira e Mega Sound.

Representantes das principais entidades da Lapa estiveram presentes como Polícia Militar, 21º Depósito de Suprimento, OAB Lapa, Rotary Lapa e Alto da Lapa, Casa do Pequeno Cidadão, APAS, CIESP Oeste, Distrital Oeste da ACSP, Tendal da Lapa, Pelezão, Colégio Santo Ivo, Hospital Albert Sabin, Associação Amigos da Vila Ipojuca, Associação XI Garotos da Lapa, Fórum Social Leopoldina, Instituto Rogacionista Santo Aníbal, Buffet Yano, Paróquia São João Maria Vianney, Consabs, Condomínio Villa Lobos Office Park, Associação Viva Leopoldina, Conseg Perdizes/Pacaembu e Vila Leopoldina, Conselho Participativo Municipal da Lapa, AGES, além do subprefeito de Pirituba/Jaraguá Edson Brasil, e representantes dos vereadores Fabio Riva, Gilberto Natalini, Professor Eliseu Gabriel e do deputado estadual Douglas Garcia.

Leo Santos apresentou a execução orçamentária da subprefeitura, mutirões, eventos, obras, multas aplicadas, digitalização de processos e ações de zeladoria como podas, corte de grama, plantios, limpeza de córregos, entre outros, realizados no primeiro semestre.

Ao final da apresentação, o público pode fazer perguntas ao subprefeito. Entre as questões e cobranças esteve o pedido de iluminação e zeladoria na Praça Cornélia, para aumentar a segurança na região, além de ações integradas com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social por conta da presença de moradores em situação de rua e consumo de drogas, especialmente em praças da região. Também foi pedido que empresas que adotaram áreas verdes e ajardinadas sejam cobradas pela manutenção dos espaços.

O grande volume de podas de árvores realizado nos últimos meses pela Enel foi outro tema de discussão. A concessionária realizou uma grande operação de podas, onde os galhos que atingem a rede elétrica são cortados e deixados no local, atrapalhando a passagem de pedestres e acumulando lixo. Leo Santos explicou que a Secretaria Municipal das Subprefeituras está em contato com a Enel para alinhar os trabalhos e cobrar critérios técnicos para a realização dos serviços, e afirmou que o acúmulo de galhos ocorreu porque a concessionária conta com um grande número de equipes que realizam a poda enquanto a subprefeitura tem apenas duas para o recolhimento. Também foi pedido que eventos culturais como shows, feiras e blocos de carnaval sejam feitos com menor impacto para os vizinhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA