Comitê realiza ato para cobrar a reabertura do Sorocabana

0
650

Foto: Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana

Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana
Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana realiza ato em frente à Secretaria de Estado da Saúde

Seguindo as medidas de segurança para evitar a propagação do coronavírus, o Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana realizou um ato na sexta-feira (31) em frente à Secretaria de Estado da Saúde. O grupo, além de pedir a reabertura imediata do hospital, solicitou a anulação da matrícula nº 29.559 do 10º Cartório de Imóveis, após constatar uma provável fraude cometida pela antiga donatária do hospital.

Segundo o Comitê, que apresentou o caso na Reunião Ordinária da Comissão de Saúde da Câmara Municipal no último dia 22 de julho, a donatária Associação Beneficente dos Hospitais Sorocabana solicitou a abertura de uma matrícula no referido cartório sem qualquer menção à lei estadual que proíbe alienar ou gravar o imóvel, edifício e equipamentos do hospital, e nela passou a averbar suas dívidas junto a credores e ex-funcionários, levando ao falso dilema de que haveria pendências trabalhistas que o Estado seria responsável, quando na verdade foi o ator lesado, além da população.

Para o comitê é urgente que a Procuradoria Geral do Estado mova a ação anulatória da matrícula para garantir o disposto no decreto. O grupo também pede há mais de um ano uma reunião com o secretário estadual da Saúde, que atualmente é Jean Gorinchteyn, para dialogar sobre a reabertura do Sorocabana.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA