Cades faz balanço de ações

0
595

Foto: Reprodução

Reprodução
Reunião virtual do Cades Lapa

O Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz (Cades) da Lapa realizou sua última reunião mensal do ano na quarta-feira (16). No encontro foi definida a manutenção dos encontros na terceira quarta-feira do mês para 2021.

O subprefeito e presidente do Cades Lapa, Leo Santos, agradeceu o empenho dos conselheiros. “Foi um ano difícil mas muito importante e eu só tenho a agradecer aos conselheiros pela parceria e paciência. A gestão do Cades esse ano foi muito boa, com avanço em diversos projetos que outras subprefeituras também decidiram implementar. Com a permanência de Bruno Covas na prefeitura temos tudo para continuar esse trabalho e tornar a cidade mais verde, mais permeável e mais humana”, disse.

Os conselheiros analisaram as ações feitas em 2020, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia. Técnicos da subprefeitura realizaram um curso para o conselho sobre jardins de chuva, com avaliação de locais para implementação na região, foi realizada uma atividade on-line pelo Instituto Envolverde em parceria com o Movimento Rios e Ruas sobre o trajeto do Córrego Tiburtino que passa por baixo das ruas e avenidas da Vila Ipojuca. Conselheiros participaram das audiências públicas sobre a Ligação Viária Pirituba-Lapa, cujas obras foram suspensas após uma ação civil pública que pede novos estudos de impacto ambiental. O conselheiro Eduardo Mello acompanhou o plantio de oito árvores nativas na Praça São Crispim, área que foi ameaçada por um projeto de construção de um piscinão que gerou fortes críticas dos moradores.

Para 2021, o conselho prevê a criação de grupos de trabalho que vão acompanhar temas ligados à poluição sonora, educação ambiental, ecopontos e os comitês de usuários de praças, de forma a facilitar a comunicação com a subprefeitura. Os conselheiros também querem realizar uma campanha sobre descarte correto de resíduos na Lapa e está prevista a elaboração de um edital para criar o Centro de Educação Ambiental e Agroecologia na Avenida Mercedes.

Leo Santos afirmou que sete locais da região estão em análise pela Amlurb para a instalação de ecopontos, assim como a implementação de unidades móveis de coleta seletiva nas comunidades, que já contam com um funcionário da Ecoss Ambiental para orientar os moradores em relação ao descarte.

A próxima reunião do Cades Lapa irá ocorrer no dia 20 de janeiro, às 18h30.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA