Consórcio será responsável por drenagem da Toca da Onça

0
452

Foto: Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook
Passagem alagada por chuva em 2019

O Consórcio Viva a Lapa venceu a licitação para explorar pelos próximos dez anos as áreas nos baixos e adjacências do Viaduto da Lapa com uma outorga de R$ 15.829,00. O valor mínimo exigido pelo município era de R$ 1.582,00 o que significa ágio de 900%.

Com a concessão, a Prefeitura espera ativar um espaço público subutilizado com atividades gratuitas de cultura, esporte e lazer. O Consórcio Viva a Lapa pagará ao município R$1.500 por mês de aluguel e poderá explorar comercialmente a área, locando espaços.

O concessionário será responsável pela varrição, limpeza, zeladoria, iluminação, segurança por meio de monitoramento integrado ao City Câmeras e a implantação de pelo menos 13 câmeras de segurança, sanitários, mobiliário urbano com bancos e mesas, instalação de equipamentos esportivos, infantis e de exercícios físicos, paraciclos, Wi-Fi, tomadas e também pelo sistema de drenagem na Toca da Onça.

A famosa passagem da Lapa tem aproximadamente 70 metros de extensão e liga as ruas John Harrison e William Speers, abaixo das linhas 7 e 8 da CPTM. A Toca da Onça é uma forma de acesso dos pedestres a ambos os lados da área da concessão, ao Terminal da Lapa e às estações da CPTM, com grande fluxo de pessoas durante todo o dia. A Prefeitura já realizou concessões neste mesmo formato para o Viaduto Pompeia e o Viaduto Antártica, ambos na região.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA