Cades discute projeto paisagístico na Gastão Vidigal

0
282

Foto: Reprodução

Reprodução
Igrejas da região realizam ação para pessoas que vivem no entorno da Ceagesp

Na reunião do Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz (Cades) da Lapa, na quarta-feira (15), um dos temas discutidos foi o projeto de uma obra no canteiro central da Avenida Doutor Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, que prevê intervenções paisagísticas e plantio de exemplares arbustivos. O encontro contou com a presença de representantes da Pastoral Fé e Política da Região Episcopal Lapa e da Arquidiocese de São Paulo, que manifestaram a preocupação de que a intervenção pode prejudicar as pessoas que vivem em barracas instaladas no canteiro. O adensamento da vegetação foi considerado como potencialmente hostil para as pessoas em situação de vulnerabilidade. O conselho definiu que vai solicitar uma reunião com a subprefeita da Lapa, Fernanda Galdino, para conseguir mais informações sobre o projeto.

No dia 9 de dezembro as paróquias da Lapa, entre elas a Nossa Senhora de Lourdes, São Francisco do Jaguaré, Nossa Senhora de Fátima de Vila Leopoldina, através da Comunidade São Joaquim e Santana do Jardim Humaitá, e Caritas Núcleo Lapa, promoveram uma ação para as pessoas em situação de rua no entorno da Ceagesp, que contou com corte de cabelo, banho, entrega de kits de higiene pessoal, de roupas e fornecimento de refeições.

Sobre o Pátio de Compostagem da Lapa, cujo terreno será utilizado para a construção de moradias da PPP da habitação, foi informado que a subprefeitura continua em busca de um terreno na região para migrar os serviços, possibilitando sua manutenção no território.

Também foram apresentadas algumas das obras desenvolvidas pela administração regional em áreas verdes, entre elas a revitalização da Praça John Lennon, orçada em R$ 487 mil, e da Praça Alzira Ferraz de Siqueira, orçada em R$ 329 mil. Membros do Conselho Participativo Municipal (CPM) da Lapa que também estavam presentes na reunião solicitaram a disponibilização do documento com a relação das obras e seus valores, assim como uma apresentação a ser feita pela Subprefeitura Lapa ainda no final deste ano ou início de 2022.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA