Bom Prato municipal

0
644

O PL 358/2021, possibilita ao Executivo instalar restaurantes populares na capital. A ideia é que os locais forneçam refeições de alta qualidade nutricional a baixo custo ou gratuitamente e que sejam instalados, prioritariamente, nas áreas periféricas mais pobres e populosas. Para a manutenção dos restaurantes populares propõem-se parcerias com pequenos agricultores, CEAGESP ou parceria com o Governo do Estado para ampliar a rede Bom Prato.

O problema da fome se alastra no Mundo e no Brasil todo. E aqui na Vila Leopoldina não é diferente. Temos a distribuição de comida, precária nas ruas: pessoas comem no chão, sem lavar as mãos, em condições insalubres. E quem o faz se recusa a lidar com os impactos decorrentes disto. Milhares de marmitas atiradas ao chão, multiplicando a quantidade de baratas, roedores e sujeira – que entope as galerias, o que agrava ainda mais a situação dos pobres, ao fixá-los na rua, ao invés de encaminhá-los à solução da fome, da saúde e do abrigo.

Se aprovado, seria vantajoso posicionar estrategicamente próximos a: Comunidades Pobres + UBS + CEU, com fácil acesso a pé ou coletivos, como por exemplo a Nova Jaguaré, ampliando o raio de abrangência.

Afinal, alimentar-se bem é uma condição primordial para ter saúde e, é importante que o combate à fome se faça em conjunto com o acompanhamento de saúde e práticas ocupacionais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA