Calor recorde aumenta trabalho das equipes da Operação Altas Temperaturas

0
577

Com as temperaturas chegando na casa dos 38,5°C no final de semana dos dias 11 (sábado) e 12 (domingo), a Prefeitura tem tido grande trabalho com a Operação Altas Temperaturas, iniciada no dia 20 de setembro e cujo objetivo é dar assistência, principalmente à população de rua, para evitar problemas com o calor intenso.

De acordo com um primeiro balanço divulgado, em apenas três dias foram realizados 53 mil atendimentos nas dez tendas espalhadas por pontos estratégicos da cidade, com a distribuição de 102,5 mil itens – como copos d’água, sucos, chás gelados, frutas e até bonés. Além disso, as equipes da Secretaria da Saúde, presentes nas tendas para prestar atendimento médico a quem passa mal devido ao forte calor e apresente sintomas de desidratação, realizaram 430 intervenções. Na região da Lapa, onde há uma tenda localizada na esquina das ruas do Curtume e Guaicurus, foi realizado um total de 2.025 atendimentos entre os dias 10 e 15/11, além da distribuição de mais de 8 mil itens, entre garrafas d’água, sucos e frutas.

Até os pets recebem cuidados nesses locais, com água e atendimento prestado pela Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), da Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ), que mantém quatro vans próximas às tendas das praças Presidente Getúlio Vargas (Guaianases), Floriano Peixoto (Santo Amaro), Cid José da Silva Campanella (Mooca) e da República (centro), para atendimento à população em situação de rua que tenha animais de estimação.

Similar à Operação Baixas Temperaturas (OBT), a de altas temperaturas é acionada sempre que os termômetros atingem 32º C ou sensação térmica equivalente. A ação é feita em parceria com o governo do Estado, por meio da Sabesp. As tendas oferecem uma estrutura não apenas para a população de rua, mas acolhem qualquer pessoa que queira um abrigo com temperatura amena para descansar e se hidratar.

Os orientadores socioeducativos do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) e agentes das equipes do Ampara SP também prestaram atendimento nas tendas, ofertando acolhimento em equipamentos da rede socioassistencial e encaminhamento para as demais demandas apresentadas.

Já a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) integra o plano de contingência para situações de altas temperaturas, da Prefeitura de São Paulo, disponibilizando ambulâncias referenciadas para atendimento emergencial, localizadas nas tendas das praças da República e Marechal Deodoro, na região central. Nas tendas das outras regiões, é feito o acionamento de ambulâncias locais quando for identificado qualquer necessidade emergencial de saúde em pessoas em situação de rua.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA