Leopoldina tem números expressivos no combate à dengue

0
220

Foto: Divulgação

Divulgação
Agentes de combate à dengue têm forte atuação na região da Leopoldina

É intenso o trabalho dos agentes de Saúde da Unidade Básica de Saúde Parque da Lapa no combate à dengue na Vila Leopoldina, distrito que ocupa a quinta posição no ranking distrital da doença quando se leva em conta o número de casos por cem mil habitantes. Patrícia Ferraz, da Coordenadoria de Saúde Oeste, participando da reunião mensal do Fórum Social Leopoldina, na segunda-feira, 25, traçou panorama geral das ações de campo no período de 21 de fevereiro a 21 de março. “Nossas equipes visitaram 3.809 casas, orientando 743 pessoas. Encontramos 201 criadouros”, afirmou Patrícia.

Quando a vigilância epidemiológica recebe notificações de casos suspeitos de dengue, os agentes de  saúde passam a realizar bloqueios nas áreas de notificação. Ou seja, residências vizinhas, num perímetro determinado, também são visitadas. “Nesse período de trinta dias realizamos 81 bloqueios”, explica Patrícia Ferraz.

No Distrito Leopoldina o índice da doença por 100 mil habitantes é alto: 1.314. Esse índice, na cidade como um todo, é de 559. No Distrito Lapa, ele também ultrapassa quatro dígitos: 1008. No Distrito Perdizes, que incluiu a Vila Pompeia, o índice por cem mil é bem mais baixo: 439. O Distrito Vila Jaguara, também na região da Subprefeitura Lapa, continua liderando o ranking distrital. Por lá, esse indicador é 10 vezes maior do que o índice municipal: 6.000.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA