Tragédia e amor no RS

0
633

Daniel Beltrão, pastor da Igreja Batista Yah Church e coordenador da AVIVA

A catástrofe no Rio Grande do Sul não tem precedentes na história de nosso país. São 388 dos 497 municípios do estado impactados pelas chuvas deste mês de maio. Mais de 78% dos municípios! Uma crise sem precedente, requer ações sem precedentes, e a boa notícia é que isso está acontecendo. O poder público em suas esferas está fazendo a sua parte, mas a resposta imediata vem da cooperação da sociedade civil, principalmente daqueles que estão na mesma situação. Quando olhamos para as ações de resgate, a garantia da alimentação e acolhimento as respostas mais rápidas vieram da solidariedade de leigos movidos por empatia e amor.

Muito rapidamente igrejas, escolas, clubes e comércios, viraram alojamentos e centros de apoio aos afetados pelas cheias. De norte ao sul do país entidades e pessoas estão fazendo campanhas de arrecadação para suprir as necessidades das famílias gaúchas. Os dias ainda serão duros para os riograndenses. O momento é de preservar as vidas, depois vem a limpeza, a reconstrução e a retomada das atividades. Minhas orações e ações é para que nos mantenhamos no “modo” compaixão, e portando de mãos dadas com o os gaúchos até a última etapa.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA