Segue indefinido o local da UBS Jaguaré

0
2044

Foto:

Prefeito conversa com moradores sobre a instalação da UBS e do transbordo

O prefeito Fernando Haddad acompanhou neste sábado (8) as ações da 17ª edição do programa Prefeitura no Bairro, realizada no Jaguaré, distrito da Subprefeitura Lapa. Junto da vice-prefeita Nádia Campeão, do subprefeito José Antônio Varela Queija, e secretários, Haddad cumprimentou as pessoas que trabalhavam na ação e conheceu parte das instalações do CEU Jaguaré.

Ao final da visita, Haddad falou sobre os assuntos que estiveram na pauta das reivindicações da comunidade. Sobre a UBS Jaguaré, o prefeito ressaltou duas possibilidades “construí-la no terreno do Sacolão ou no terreno do CDC. O Celso Jatene (secretário de Esportes) deu entrada no Ministério dos Esportes para transformar este Clube em um Polo Olímpico, de iniciação esportiva na verdade. Esta semana vamos fazer uma reunião no meu gabinete a vice-prefeita, os secretários e eu para definir onde será instalado. Será instalado em um dos dois lugares, naquele que favorecer mais a cidade e prejudicar menos as atividades realizadas pelos estabelecimentos.

Os CDCs City e Bento Bicudo, também na Sub Lapa, serão UBSs, isto já está decidido. O que estamos combinando é uma 3ª UBS na região”. Após a visita ao CEU, Haddad também foi ao CDC Jaguaré, que oferece atividades de esportes e recreação. Outro assunto cobrado foi a questão da Estação de Transbordo, da Jaguara. “Outro ponto que me cobram é sobre o que todos chamam de lixão, mas não gostaria de chamar de lixão por que não é um, que causa angústia nas famílias. É uma estação de transbordo. As pessoas às vezes temem que o transbordo traga inconvenientes ao bairro. A preocupação é justa, mas São Paulo também precisa estudar a logística (de seus resíduos). O que as pessoas precisam fazer é ajudar a produzir menos lixo, ajudando na coleta seletiva, que já está 85 distritos da Cidade”, afirma o prefeito sobre gritos de “Fora Lixão” de manifestantes da Vila Jaguara presentes ao evento.

 

Subprefeitura Lapa faz balanço da ação

 

O trabalho concentrado de zeladoria da Subprefeitura Lapa atuou em 129 ruas e 46 praças situadas no Jaguaré e na Vila Lajeado, beneficiando quase 50 mil moradores das regiões. A ação contemplou também a limpeza do Córrego Alexandre Mackenzie. Desde 3 de agosto, as 14 tendas e oito unidades móveis instaladas no CEU Jaguaré realizaram mais de dois mil atendimentos. Além de receber sugestões e dialogar com a população, foram oferecidos mais de 150 serviços das secretarias municipais.

 

Em uma semana, a ação concentrada de zeladoria limpou 1.991 bocas de lobo e outras 212 foram reformadas. Mais de 130 mil metros quadrados de áreas verdes foram conservados, 351 árvores foram podadas, 15 foram removidas e outras 44 foram plantadas. A Operação Tapa Buraco foi realizada em 363 buracos, com 2.604m² de massa asfáltica. Para auxiliar a mobilidade dos pedestres, 105m² de calçadas foram reformados, 26 metros quadrados construídos e 56 rampas de acessibilidade instaladas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA