Domingo do voto

0
3126

Esse domingo marca um momento importante: as eleições municipais para escolha do prefeito que vai governar a Cidade pelos próximos quatro anos e também de vereadores que terão a missão de legislar e fiscalizar o executivo municipal na aplicação dos recursos públicos durante o seu mandato.

Com o objetivo de auxiliar a comunidade na hora do voto, a Página Editora e Jornal da Gente realizaram eventos como o À Mesa com Empresários com candidatos a prefeitura e quase duas dezenas do Café com Política e Café na Redação com postulantes a vaga de vereador. Foram muitas matérias e encontros que serviram como vitrine para a comunidade conhecer um pouco mais de cada candidato.

Devido ao curto período de campanha (45 dias), o JG realizou três edições do À Mesa com os mais cotados nas pesquisas de intenção de voto para o comando da Cidade: João Doria do PSDB, Marta Suplicy do PMDB e o prefeito e candidato à reeleição Fernando Haddad do PT. Celso Russomanno do PRB também foi convidado, mas, segundo sua assessoria, não foi possível sua participação por questões de agenda.

Seja qual for o eleito, o desafio do novo prefeito será grande. A Cidade é complexa e tem bairros com características e carências diferentes. Na área de mais de 40 quilômetros quadrados da Subprefeitura Lapa, por exemplo, a lista inclui a reforma e reabertura do Hospital Sorocabana, instalação de Unidades Básicas de Saúde (na Lapa de Baixo, Sepetiba e Jaguaré) além de conflitos entre a população de rua (que não para de crescer pelas calçadas) e os moradores dos novos condomínios da Vila Leopoldina e Lapa, e ainda a polêmica em torno da instalação da estação de transbordo prevista para uma área na Vila Jaguara.

A área da SubLapa é apontada pelo atual prefeito e seus concorrentes como importante para a transformação da Cidade nos próximos anos. A região fica entre os principais rios da Cidade (Tietê e Pinheiros) além de abrigar a Ceagesp – que pode deixar a Vila Leopoldina para dar lugar a um novo bairro – e uma Operação Urbana em curso (Água Branca) que vai permitir a abertura de vias (Auro de Moura Andrade) e uma mudança na paisagem da Pompeia e Lapa. A responsabilidade da escolha do candidato é grande para garantir um desenvolvimento equilibrado da região, da Cidade.

As opções para o parlamento também são muitas. Ao todo foram 18 candidatos nos cafés entre veteranos e novatos. Foi um trabalho árduo para apresentar à comunidade nomes para escolha nessa eleição. O Jornal da Gente também inovou esse ano e realizou a primeira edição do Vota Lapa, que reuniu 11 candidatos locais (da região da Subprefeitura Lapa), que nunca tiveram mandato legislativo, em um evento com transmissão ao vivo via internet.

Mesmo assim, ainda tem quem não acredita mais nos políticos, mas se eximir da responsabilidade do voto não resolve o problema. É preciso analisar cada candidato. Nos encontros do JG foi apresentada gente séria com propostas e ideias boas, basta analisar, escolher e votar consciente nesse domingo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA