Secretaria realiza evento e desfile de moda inclusiva

0
2168

Foto: Divulgação

Divulgação
Desfile promove debates e soluções

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo será palco do MoDe – Moda e Design: Economia, Inovação e Sustentabilidade nos dias 13 e 14 de outubro.O evento MoDe será realizado no auditório da Secretaria (Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564, Portão 10) pela Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda – Abepem, com o apoio da secretaria, a partir das 8h30, para reflexão sobre as dimensões social, econômica e ambiental, apresentando como premissa os eixos: “desafio social”, “desafio ambiental”, “desafio econômico” e “desafio educação”. O Parque da Água Branca será o cenário para o Desfile de Moda Inclusiva no 15 de outubro, com realização da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, a partir das 15h.

O desfile é resultado do Concurso Moda Inclusiva, que está em seu oitavo ano, e tem a finalidade de promover um debate sobre moda diferenciada, além de incentivar o surgimento de novas soluções e propostas em relação ao vestuário para as pessoas com deficiência. Trabalhos de cerca de 250 estudantes de cursos técnicos, universitários, alunos de cursos livres e profissionais da área participam do concurso.

Junto ao desfile, acontece o mercado MoDe (dias 15 e 16 – das 10h às 18h), que tem a proposta de fomentar uma rede de novos designers, um espaço para apresentar projetos e produtos pensados em novos modelos de negócios pautados na responsabilidade social e ambiental. A secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, participa de um painel do evento com o tema “Tecendo um Mundo Sustentável”. Na programação, outros temas relevantes em discussão como os novos paradigmas para a indústria têxtil, inovações e novos valores.

Para Linamara a moda se traduz por espaços e felicidades momentâneas de autorrealização. São mais de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência no Brasil. Somente no Estado de São Paulo, o contingente ultrapassa 9 milhões para esse mercado de produtos e serviços. “Traduzir a moda para pessoas com deficiência e traduzir a pessoa com deficiência dentro da sociedade a partir da moda é uma estratégia absolutamente de sucesso, faz discutir uma inclusão social dentro de uma outra ótica”, afirma a secretária.
Os interessados em participar do Desfile de Moda Inclusiva devem reservar seu lugar, confirmando presença por e-mail (minclusiva@sedpcd.sp.gov.br).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA