Vila Romana vira alvo de quadrilha

0
872

Foto: Thiago Alan

Thiago Alan
Papiloscopistas da Polícia Civil colhem impressões digitais para encontrar suspeitos

A Página Editora sofreu uma tentativa de invasão na madrugada de quinta-feira (20). Uma das câmeras da rua registra a presença de quatro homens na Rua Marco Aurélio, em frente à sede da editora do Jornal da Gente, e depois na entrada de uma escola infantil vizinha.

No escritório da Página Editora ficaram as marcas de digitais nas janelas e portas, além de terem sido cortados os fios de energia que alimentam a casa. Com câmeras e alarme, os invasores desistiram e se dirigiram à escola infantil. As imagens mostram que os quatro homens se dividiram: um vigiava do outro lado da rua enquanto dois davam cobertura para um terceiro abrir o portão de entrada do estabelecimento. Da escola eles levaram dois notebooks (com cabos), uma caixa de som portátil nova e máquina fotográfica. O alarme da escola não tocou, mas na central foram registradas as imagens. A polícia foi avisada e conseguiu prender dois deles, os outros dois conseguiram fugir. O caso foi registrado no 91º DP da Leopoldina que investiga o paradeiro da dupla fugitiva.

O diretor da Página Editora, Ubirajara de Oliveira registrou Boletim de Ocorrência na 7ª Delegacia da Lapa. O delegado Marco Aurélio solicitou a coleta das impressões digitais nas paredes e portas. Na sexta-feira, papiloscopistas da Polícia Civil do Instituto de Identificação Ricardo Gumblenton Daunt colheram as digitais para identificação de quem tentou invadir a editora durante a madrugada.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA