Moradores de Perdizes são ameaçados por donos de bares

1
785

Foto: Divulgação

Divulgação
Bares desrespeitam interdições

Antonio Monteiro e Jairo Glikson, presidentes dos Consegs Perdizes / Pacaembu e Leopoldina, foram ao 23º Distrito Policial de Perdizes na segunda-feira (14) para registrar um boletim de ocorrência e conversar com o delegado Marcel Druziani sobre ameaças sofridas por moradores do bairro. O conflito principal seria por causa de um bar e hostel que fica na Rua Ministro Godói, que já foi denunciado pelos moradores diversas vezes por causar barulho após o horário previsto pela Lei do Psiu. Vizinhos do estabelecimento e seus funcionários declaram ter sido hostilizados na rua pelos responsáveis pelo bar, e relatam ligações anônimas provenientes do estabelecimento.

Segundo relatos dos moradores, a prefeitura teria tentado fechar o bar e hostel quatro vezes, porém não teve sucesso. Ao ser questionada sobre o caso, a Prefeitura Regional da Lapa afirma que foi colocada uma defensa de concreto na frente do bar, e esclarece que não pode ser colocada uma parede porque os responsáveis pelo estabelecimento também moram no imóvel anexo, o que impediria o direito de ir e vir, que é uma garantia constitucional. Informa também que foi realizada a interdição do estabelecimento, porém houve a desobediência por parte dos responsáveis. Após o fato, foi lavrado um boletim de ocorrência no sábado (12) pelo prefeito regional Carlos Fernandes, juntamente com a equipe de fiscalização da Prefeitura Regional da Lapa.

Antônio Monteiro relata a existência de 17 inquéritos policiais que estão em andamento por causa de conflitos com cinco bares localizados na Rua Ministro Godói e cobra fiscalização. “A prefeitura agindo na causa acaba com a preocupação da segurança pública. O poder público desvia viaturas por causa de perturbação de sossego e a população perde com isso”, declara o presidente do Conseg Perdizes / Pacaembu, que entregou um ofício na Prefeitura Regional da Lapa na segunda-feira (14) pedindo providências sobre os bares que desrespeitam as leis e operam após serem interditados.

1 COMENTÁRIO

  1. Nasci e fui criada em um bairro aqui de São Paulo depois de velha tive que me mudar, por causa dessas maldições que apareceram de uns tempos para cá, a cidade que nasci acabou, não existe mais infelizmente, porque onde quer que vc vá, vai se depara com esse lixo.!Estamos só e abandonados.

DEIXE UMA RESPOSTA