Pré-Carnaval na Lapa recebe cerca de 50 mil pessoas

0
366

Foto: Divulgação

Divulgação
Bloco na Rua Carlos Weber teve participação de famílias e acabou no horário

Os debates favoráveis e contrários aos blocos de rua que aconteceram durante a semana passada surtiram efeito, e o Pré-Carnaval de Rua da Lapa ocorreu sem problemas. Cerca de 50 mil pessoas passaram pela região, que recebeu o desfile de 11 blocos. No sábado (3), as crianças aproveitaram o bloco Mamãe Eu Quero, na Praça Irmãos Karmam. Já o Bloco Leopoldina, que foi motivo de preocupação dos moradores do trecho da Rua Carlos Weber onde aconteceria o desfile, foi mais tranquilo que o esperado. “Foi muito bom, não teve confusão, tinha muita família, até com crianças de colo. A prefeitura estava presente, o horário foi cumprido, aliás, terminou dez minutos antes e já fizeram a limpeza. Foi um exemplo de organização”, afirma Zenon Alves, do Conselho das Sociedades Amigos de Bairro da Região Lapa (Consabs).

Segundo a Prefeitura Regional, aproximadamente cinco mil pessoas estiveram na Vila Leopoldina para a festa que contou com a bateria da escola de samba Dragões da Real. A Associação Viva Leopoldina (AVL) acompanhou o evento após a solicitação de comerciantes e moradores preocupados com os transtornos que poderiam ocorrer com o desfile. A AVL aponta como pontos positivos a proibição de barracas, a colocação de gradis para proteção dos condomínios e estabelecimentos comerciais e a presença da fiscalização. Já entre os pontos que devem melhorar nas próximas edições está a ocupação das calçadas após a saída dos fiscais e a proibição do uso de fogos de artifício. A AVL ainda defende que no ano que vem o local escolhido seja um que tenha menor impacto para moradores e comerciantes.

Na região também aconteceram os desfiles dos blocos Unidos do Inconsciente, Boêmios da Ipojuca, Passaram a Mão na Pompéia, Galosamba, Xaranga da Pompeia, Sainha de Chita, Não Tô Bem, Não Tô Bem, 279, Empolgação Pitbull Banguela e Pilantragi, com cerca de 20 mil pessoas na Rua Professor Alfonso Bovero.

A Prefeitura Regional da Lapa divulgou os números operacionais dos dois dias de festa, sendo que no sábado (3) foram mobilizados 54 agentes de apreensão, seis kombis, um caminhão, um agente vistor, seis membros da equipe da Comissão do Carnaval e um conselheiro tutelar, para fiscalizar ocorrências de trabalho infantil. Foram realizadas oito apreensões de produtos comercializados por ambulantes não cadastrados para trabalhar no Carnaval. Já a Inova contou com 70 funcionários, sete compactadores, dois fiscais e um encarregado. Foram recolhidas 15 toneladas de lixo pelas equipes, utilizados 20 m³ de água de reuso e 220 litros de produtos químicos. No domingo, 80 agentes de apreensão da Prefeitura estiveram pelas ruas, com quatro kombis, um caminhão, um agente vistor e seis membros da equipe da Comissão do Carnaval. Foram realizadas sete apreensões. A Inova contou com 90 agentes, quatro compactadores, quatro habitáculos, três fiscais e foram recolhidas oito toneladas de lixo, utilizados 20 m³ de água de reuso e 220 litros de produtos químicos. A Prefeitura Regional da Lapa solicita que os foliões não levem ou comprem garrafas de vidro nos blocos, que serão apreendidas pelos fiscais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA