Roubos de carros diminui 7% na região da Lapa

0
319

Foto: Divulgação

Divulgação
Ação da PM nas ruas Barão de Itaúna e João Tibiriçá na sexta-feira (2)

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, as ações policiais nas regiões atendidas pelo 7º DP (Lapa), 23º DP (Perdizes) e 91º DP (Ceagesp) resultaram na queda de 7% no índice de roubos de veículos, e 3,4% nos casos de furtos em 2017. No período, 434 veículos foram recuperados e 1.266 criminosos presos em flagrante. Entre os motivos apontados como responsáveis por esta diminuição está a Lei do Desmanche, de 2014, que ajuda a combater o comércio ilegal de peças automotivas, e a implementação do sistema de rastreamento de placas nos radares de trânsito, o Detecta.

Em 2017, o 7º DP (Lapa) registrou 1.046 furtos e 273 roubos de veículos. O 23º DP (Perdizes), 1.075 furtos e 269 roubos. O 91º DP (Ceagesp), 704 furtos e 242 roubos. Já em janeiro deste ano foram registrados 105 furtos e 12 roubos no 7º DP, 92 furtos e 21 roubos no 23º DP e 59 furtos e 13 roubos no 91º DP. Mesmo com os números que indicam a redução, a sensação de insegurança persiste. “É difícil entender como pode ter diminuído os índices sendo que a população aumentou, o efetivo policial é menor que o necessário e os seguros dos veículos continuam altos”, questiona Jairo Glikson, presidente do Conseg Leopoldina. Um ponto conhecido pelos furtos de veículos é a Praça Ângelo Rivetti, próxima à estação Domingos de Moraes da CPTM. Muitas pessoas estacionam o carro no local e seguem para o trabalho de trem. A PM realiza patrulhas no entorno frequentemente para coibir a ocorrência dos crimes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA