Laços

0
410

O mundo está mudando e a forma de consumir, governar, trabalhar e se relacionar também. É difícil definir se os avanços tecnológicos aproximaram ou afastaram as pessoas. Se por um lado a internet permite estarmos conectados 24 horas por dia com um incontável número de pessoas, por outro, parece que estamos cada vez mais ilhados em um mundo virtual e superficial.

Isso também se aplica ao modo de nos informar. Em um mundo de rápida propagação de conteúdo, ficou fácil a disseminação das fake news. Nesta crise de credibilidade das instituições, governos e da própria imprensa, que se desdobra para viabilizar economicamente a produção de conteúdo em um panorama onde caem os números de assinantes e de verba publicitária, é preciso retomar um conceito primordial: a confiança.

Nesta semana estivemos no Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário, com participação do diretor do JG e Página Editora Ubirajara de Oliveira no painel “Comunicação que cria laços”. Entre muitos assuntos tratados ao longo do evento, ficou muito clara a importância da atuação jornalística local. Essa estratégia de focar em veículos regionais de comunicação, que atingem públicos específicos, também foi adotada pela Prefeitura de São Paulo, segundo o secretário especial de comunicação Marco Antonio Sabino, que também participou do fórum.

Temas do cenário nacional como as queimadas na Amazônia ou a reforma da previdência impactam a todos, e para isso é possível contar com uma grande rede de informações, com a TV, rádio, internet e jornais de grande circulação. Mas para tratar com propriedade os acontecimentos da sua região, é necessária uma cobertura local que consiga acompanhar, dialogar e cobrar soluções. Nem todos os bairros contam com uma publicação dedicada às questões locais. Do nosso lado, é muito gratificante receber o contato de moradores sobre algum problema e poder ajudar na sua solução, apenas com o fato de darmos visibilidade a ele.

Como comunidade, incluindo moradores, entidades e órgãos públicos, precisamos fortalecer os laços na região e unir forças. Sabemos que o impacto de um abaixo-assinado é muito maior do que de uma pessoa sozinha. Cidadãos bem informados são fundamentais para conquistar melhorias e tornar a gestão mais democrática.

O trabalho que desenvolvemos aqui, como mídia local, é o de acompanhar o que há de mais importante na Lapa em que vivemos. Oferecemos um produto gratuito porque acreditamos que a comunidade deve estar a par do que acontece em seu bairro, conhecer os grupos que trabalham na região e acompanhar a política local. Dar voz a você, morador, é a nossa missão.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA