Compostagem em São Paulo

0
681

A transformação dos resíduos orgânicos em composto já se tornou uma realidade no país e no mundo. Na maior cidade da América Latina, não é diferente. São Paulo conta com cinco Pátios de Compostagem, que recebem resíduos de 177 feiras livres da capital, além de um Mercadão do Município – por meio do Programa “Feiras e Jardins Sustentáveis” sob a gestão da Amlurb.

Para a cidade, o que isso significa? Certamente economia no custo de operação de jardinagem de praças e jardins, 9.300 toneladas de resíduos orgânicos desviados dos aterros, que geraram em torno de 1.860 toneladas de adubo de qualidade. Pensando em potencializar iniciativas locais para inspirar pessoas e instituições a cada vez mais reciclar os resíduos orgânicos, a Amlurb promoveu o 1° Encontro de Práticas de Compostagem da Cidade, na última quarta (25).

Esse evento foi fundamental para incentivar pequenos coletivos que praticam a compostagem. Seis palestrantes apresentaram seus projetos para 120 pessoas que participaram entusiasmadas. Ao final, o público foi direcionado para visitar o Pátio da Lapa e ver na prática o processo promovido pela Prefeitura. É preciso plantar a semente da educação ambiental para que futuramente o descarte de resíduos seja tratado também como responsabilidade de todos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA