Espetáculo de dança traduz a poesia do fim de uma relação

0
605

Foto: Fábio Brazil

Fábio Brazil
“Silêncio” ganhou o Prêmio para Circulação de Dança Contemporânea em 2002

O Caleidos Cia. de Dança apresenta neste final de semana (23 e 24) o espetáculo Silêncio, onde poesia e dança retratam o fim de um relacionamento em um mundo caótico. A apresentação foi encenada pela primeira vez em 2002 e recebeu à época o Prêmio para Circulação de Dança Contemporânea da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

O trabalho nasceu de um conjunto de poemas de Fábio Brazil que Isabel Marques, diretora do Caleidos Cia. de Dança, transformou em dramaturgia para dança contemporânea. “Não nos interessava apenas remontar o trabalho, por mais interessante que a primeira montagem tenha sido: a criação de 2002 dialogava com um público e um contexto que já não existem mais. Precisamos desentranhar dos poemas e das cenas um diálogo com o contexto atual, no qual os dramas líricos precisam revelar suas relações com as dimensões sociais. É preciso redimensionar o indivíduo no âmbito de seus afetos nesse contexto atual”, explica Isabel Marques.

No sábado, a apresentação acontece às 20h30, e no domingo às 19h, na sede do Caleidos localizada na Rua Mota Pais, 213. A entrada é gratuita, com possibilidade de contribuição voluntária. Os ingressos devem ser retirados com 30 minutos de antecedência.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA