Artista coloca máscaras em sua obra no metrô

0
378

Foto: Divulgação

Divulgação
Alex Flemming esteve na Estação Sumaré na quarta-feira (6)

Os conhecidos rostos das plataformas da Estação Sumaré, da Linha 2-Verde do Metrô, ganharam máscaras de proteção para alertar sobre a importância de evitar a propagação e contágio do vírus da Covid-19. A colocação das máscaras foi feita pelo próprio autor da obra, o artista Alex Flemming.

Inaugurada em 1998, a obra leva o mesmo nome do local em que está (Estação Sumaré) e os 44 painéis possuem 1,75 metro de altura por 1,25 metro de largura. A instalação retrata toda a diversidade de São Paulo com pessoas anônimas que parecem observar o movimento da estação.

A técnica utilizada para a obra foi a impressão sobre vidro em processo industrial, com a utilização de alumínio e tinta vinílica.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA