Lapeanas participam de coletânea poética

0
1066

Depois de completar 80 anos, a lapeana Neva Scarazzati de Oliveira nem imaginava se tornar uma escritora até ingressar na Oficina de Poesias realizada pela União Brasileira de Escritores (UBE), no Parque da Água Branca (Dr. Fernando Costa).
Segundo o coordenador, professor e voluntário da Oficina de Poesias, Lourival Farias Sodré, o trabalho é realizado, desde 1999, em cinco encontros (sábados), por grupo, e faz parte do projeto Mutirão Cultural desenvolvido pela UBE em parceria com o Parque da Água Branca.
De acordo com Sodré, “a UBE cede os escritores-voluntários e o parque o salão (Paulinho Nogueira, localizado no Prédio da Administração), para as aulas de poesia”.

Organização

Ele explica que as oficinas correspondem a um trabalho de inclusão social onde os escritores da UBE passam a poeia de forma plena, mostrando que o estilo é acessível à qualquer pessoa. “Todos participam desde a elaboração das poesias até a publicação da coletânea. Um grupo de alunos coleta os textos, participa da revisão, da elaboração, da publicação e do lançamento do livro”, conta ele.
Quem está liderando os 14 alunos da oficina para a o lançamento do livro com a coletânea é outra moradora da região, Daniela Maria Paperini de Mello Padovan, do bairro Vila Anglo-Brasileira.
Amiga de Neva, a lapeana Igmar Prado Abreu também aprendeu a desenvolver o estilo poético e terá algumas de suas obras na publicação Presença Poética – Coletânea III.
O livro é o resultado da oficina desenvolvida por Sodré, em agosto, e terá uma média de seis poemas de cada um dos participantes da oficina.
O lançamento do livro Presença Poética – Coletânea III está marcado para o próximo dia 11, à 15h, no salão Paulinho Nogueira, que fica dentro do Prédio da Administração, no Parque da Água Branca (Avenida Francisco Matarazzo, 455).

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA