Obra inviabiliza|Revelando no Parque

0
579

Foto:

Parque não terá a tradicional cavalhada por causa da reforma

A direção do Parque da Água Branca
recebeu cerca de R$ 6 milhões para revitalização da área e restauro dos
prédios da área verde. A início da obra está previsto para o segundo
semestre de julho. Por conta do cronograma de reforma, o diretor do
parque, Toninho Teixeira, disse que o Revelando São Paulo, evento que
reúne manifestações artísticas e culturais, não poderá ser no parque
este ano (em Setembro). “No período do evento, as obras estarão a todo
vapor”, justifica ele.
A poucos meses da festa (realizada em setembro), a notícia caiu como
uma bomba entre os organizadores e participantes do Revelando
(artistas, culinaristas e artesãos). Muitos afirmam que serão
prejudicados, caso o evento, de fato, não seja realizado, porque eles
trabalham durante todo o ano produzindo peças para a festa do parque.
O presidente da Abaçai Cultura e Arte, responsável pela organização do
Revelando São Paulo, Toninho Macedo, afirma que está com dificuldade
para equalizar a situação. “Montaram o calendário de obras sem nenhum
cuidado com a realização do Revelando”, lamenta ele.
No ano passado, a festa contou com a participação de cerca de 200
municípios do Estado, 600 artesões, culinaristas e mais de 300 grupos
de manifestações artísticas do interior paulista. “O Revelando faz
parte do calendário de eventos da cidade e isso não foi respeitado.
Lamento porque é uma trajetória de sucesso que faz sentido para a
comunidade. A produção do evento foi desenhada para esse parque que
possui infraestrutura e acessibilidade para receber o público e seus
participantes. Se alguém indicar um espaço grande, tão próximo do
centro quanto o parque, que possibilite acomodar as manifestações como
a corrida de cavalhada além de ter Metrô e ônibus perto, nos diga para
avaliarmos, porquenós ainda não encontramos”, encerra Macedo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA