Mudança da Ceagesp|depende de muitos fatores

0
2245

Foto:

Feira de Flores da Ceagesp abastece mercado doméstico e de eventos

A declaração do prefeito Fernando Haddad de uma possível transferência da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), da Vila Leopoldina, para outro local próximo ao Rodoanel, pegou muita gente de surpresa, na segunda-feira,13. Segundo Haddad, a prefeitura junto ao governo federal estuda a mudança da Ceagesp da região. Considerado o maior entreposto comercial da América Latina, a Ceagesp é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Agricultura e não pertence ao município. “A ideia é utilizar aquela área de forma mais nobre. É uma área importante para a cidade, um entroncamento que tem transporte coletivo, inclusive sobre trilhos”, afirmou Haddad.

A ideia de tirar a Ceagesp da Leopoldina não é nova. Em 2002, o então secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, João Carlos Meireles chegou a anunciar um projeto para transferência do Entreposto da Leopoldina para a região do Rodoanel. Para viabilizar o projeto, a Prefeitura propõe uma mudança na Lei de Uso e Ocupação de Solo, de zona industrial em uma zona de interesse especial. A Ceagesp informa que “diante da proposta da Prefeitura, em mudar o zoneamento, discute com a administração municipal e demais órgãos de governo a sua permanência, ou não, na Leopoldina. Qualquer mudança deve levar em conta a nova localização, ocupação do atual espaço físico e condições econômicas.  Além disso, a Ceagesp está em processo de exclusão do Plano Nacional de Desestatização (PND) cuja efetivação é decisiva para qualquer mudança.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA