Conseg Leopoldina recebe mais de cem pessoas em reunião

0
1385

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Policiais envolvidos na prisão do bandido da sacolinha são homenageados

“A polícia já sabia que Danilo (Cosme de Araújo), o bandido da sacolinha, faz parte de uma grande quadrilha de ladrões de carros e agora começamos a desmantelar essa quadrilha”, disse o comandante da 2ª companhia do 4º Batalhão da polícia Militar, Capitão PM Rivoiro, na reunião do Conselho Comunitário de Segurança da Vila Leopoldina, ao relatar a prisão do bandido que usava uma sacolinha para levar a arma e abordar mulheres, pegar a chave e sair com o veículo da vítima sem chamar atenção.

O capitão relatou que a prisão de Danilo só foi possível por causa da participação da comunidade. “Principalmente do Jairo (presidente do Conseg Leopoldina) e da Carla (da diretoria do conselho, Assampalba e Mães da Leopoldina) na divulgação da foto do suspeito que foi reconhecido por algumas vítimas e acabou detido, por policiais à paisana, na sexta-feira (21), ao sair de sua casa na Vila Pompeia”. “Fizemos outro flagrante no sábado, da mesma quadrilha. Dando prosseguimento ao desmantelamento da quadrilha do ladrão da sacolinha da Leopoldina, nós prendemos mais dois indivíduos com uma arma que eles estavam usando, um 38, e recuperamos mais dois veículos, sendo que uma das vítimas reconheceu o Danilo, que é o ladrão da sacolinha. É mais uma ação dele. Os três estão presos”.

A delegada do 91º DP da Vila Leopoldina, Maria Jurema Ricci disse que Danilo, conhecido como ladrão da sacolinha, está em prisão temporária. “Pedimos a prorrogação da prisão para mais cinco dias”, avisa a delegada a quem ainda precisa reconhecê-lo e também seus parceiros e pertences roubados.

A equipe de policiais foi homenageada pelo comandante e pela diretoria do Conseg Leopoldina. “Recebemos telefonema do delegado e do comandante do CPA M-5 que agradeceu o trabalho do Conseg e a comunidade por ajudar no trabalho da polícia. É fantástica essa sintonia que só traz benefício para todos. Em menos de 24h o bandido da sacolinha foi reconhecido e preso”, concluiu o presidente do Conseg Leopoldina, Jairo Glikson.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA