Moradores querem providências sobre impactos da Arena

0
1145

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Moradores vizinhos do estádio do Palmeiras entregam documento a Bruno Covas

Durante o mutirão da 30ª edição do SP Cidade Linda, moradores do entorno da Arena Allianz Parque do Palmeiras entregaram ao prefeito em exercício e secretário das Prefeituras Regionais, Bruno Covas, uma carta solicitando providências sobre os problemas causados pelo estádio em dias de evento. O grupo pede uma reunião com o secretário para tratar de atribuições relacionadas à sua pasta como: fiscalização de bares e comércio ambulante, limpeza e coleta de lixo, fiscalização de alvarás dos eventos, fiscalização de ruído gerado pelos eventos, plano de ação com propostas de mitigação dos problemas e grupo executivo permanente.

Segundo os moradores, no dia 8 de julho, outra carta já tinha sido entregue a Bruno e ao prefeito Regional da Lapa Carlos Fernandes sobre o Grupo Executivo Permanente. O documento informa que no segundo semestre de 2015, a pedido da 2ª Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo do Ministério Público de São Paulo, um “Plano de Ação”, que trata dos impactos dos eventos realizados na Arena Allianz Parque, foi desenvolvido com a participação da Prefeitura, WTorre, Real Arenas e Palmeiras, e entregue pela Prefeitura à promotoria do MP no início de 2016.

De acordo com Jupira Cauhy, uma reunião realizada em 24 de janeiro desse ano no Ministério Público, com representantes dos moradores do entorno da Arena Allianz Parque, prefeito Regional da Lapa, CET, GCM, WTorre, Real Arenas, Palmeiras, Polícia Militar e Batalhão de Choque, teve como pauta a implantação do “Grupo Executivo Permanente” e o andamento das suas ações. “A portaria (21/SMPR/2017) publicada no Diário Oficial da Cidade em 18 de maio de 2017, que institui o Grupo Executivo Permanente somente com a participação de representantes da Prefeitura, Palmeiras e WTorre, não inclui a representação dos moradores na composição do “Grupo Executivo Permanente”, reclama.
O ofício dos moradores pede a revisão do “Grupo Executivo Permanente” e inclusão de representação dos moradores do entorno da Arena Allianz. “Estamos fazendo balanço do Plano de Ação, atualizando e fazendo novas propostas para encaminhamento ao Ministério Público e à comunidade da região da Pompeia e Perdizes”, afirma o prefeito regional da Lapa, Carlos Fernandes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA