Pronto Socorro Municipal da Lapa recebe usina de oxigênio

0
203

Foto: Divulgação

Divulgação
A usina do PS da Lapa tem a capacidade de produção de 20 m³ por hora de oxigênio, garantindo um legado permanente para os moradores da região, já que as usinas também poderão ser utilizadas para abastecer cilindros de oxigênio das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) próximas.

O prefeito em exercício, Ricardo Nunes, e os secretários municipais da Saúde, Edson Aparecido, e de Governo, Rubens Rizek, estiveram na região na terça-feira (11) para a entrega da décima miniusina de oxigênio da capital, instalada no PS da Lapa, na Avenida Queiroz Filho. “Este equipamento dará um grande ganho de autonomia para várias unidades, com capacidade para atender 20 leitos de UTI”, disse Ricardo Nunes.

A expectativa é que até o final de maio todos os 19 equipamentos previstos já estejam instalados na cidade. A usina do PS da Lapa tem a capacidade de produção de 20 m³ por hora de oxigênio, garantindo um legado permanente para os moradores da região, já que as usinas também poderão ser utilizadas para abastecer cilindros de oxigênio das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) próximas.

Durante o evento, o secretário municipal da Saúde falou sobre os planos para o Pronto Socorro da Lapa. “É um complexo que está dentro do BID. Nós estamos fazendo a reforma da UBS e aqui está prevista também a construção de uma UPA 3 (Unidade de Pronto Atendimento), no mesmo terreno, junto com um Centro de Cuidados Prolongados para Idosos”, disse Edson Aparecido.

Além da usina do Hospital Sorocabana e essa entregue durante a semana, a Prefeitura pretende instalar mais uma usina no complexo do PS.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA